Análise – NVIDIA GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB

Lucas Peperaio
06/09/2016
Review

Alguns meses se passaram desde que a NVIDIA veio a público e apresentou sua nova arquitetura, a Pascal, sucessora da Maxwell. De lá para cá já foram lançadas quatro placas de vídeo em um ritmo já conhecido da fabricante. Primeiro veio a GTX 1080 que promete (e de fato cumpre) uma performance superior em relação as GPUs High-end da geração anterior, como a TITAN X ou duas GTX 980. Em seguida veio a GTX 1070, com uma performance superior a uma GTX 980 Ti com preço e consumo de energia menor.

E agora temos em mãos a GTX 1060, que trás a arquitetura Pascal e suas novas tecnologias para o segmento mainstream, categoria bastante popular entre os gamers, devido sua boa relação entre preço x performance. A versão Founders Edition é um nome mais bonito para o que era conhecido até então como modelo referência, ou seja, é uma placa fabricada e vendida pela NVIDIA. Ela chegou ao mercado internacional por 299 dólares, 50 dólares a mais que o MSRP, que é um valor inicial para os modelos dos parceiros, assim como foi visto nas suas irmãs maiores.

GTX 960 GTX 980 GTX 1060
GPU GM206 GM204 GP106
CUDA Cores 1024 2048 1280
TMUs 64 128 80
ROPs 32 64 48
Clock da GPU 1126 / 1178 Mhz 1126 / 1216 MHz 1506 / 1709 Mhz
Clock da Memória 7012 MHz 7012 MHz 8008 Mhz
Tamanho da Memória 2 GB 4 GB 6 GB
Barramento da Memória 128-bit 256-bit 192-bit
Largura de Banda 112.16 GB/s 244 GB/s 192 GB/s
TDP 120w 165W 120W
Energia 1×6 PCIe 2×6 PCIe 1×6 PCIe
Preço no lançamento US$ 199 US$ 549 US$ 299 / 249

GP106

GP106 é o codinome (GP = GPU Pascal) da GPU GTX 1060, que é a mais barata até agora desta arquitetura. Ele é um chip completo e não apenas uma variante com recursos desabilitados do GP104 que equipa suas irmãs maiores.

A Pascal dá continuidade ao legado da Maxwell, trazendo ainda mais performance e mantendo o consumo de energia baixo, tendo como um dos pivôs a redução da litografia de 28nm para 16nm FinFET, permitindo uma maior quantidade de transistores na GPU.

Se compararmos com a GTX 960, sua antecessora, houve um salto de 2.9 Bilhões para 4.4 Bilhões – aproximadamente 50% – tudo isto em uma área 14% menor. Isto permite que as especificações sejam mais robustas, como a quantidade de CUDA Cores, ROPs, TMUS e boost clock da GPU, trabalhando em 1708 Mhz; além da memória, que recebeu um upgrade para 6GB GDDR5 trabalhando em 8 Ghz sob o barramento de 192 bits, com um sistema de compressão de dados trafegados entre GPU e VRAM ainda mais eficiente.

Tudo isso permite um aumento considerável no desempenho. Segundo a NVIDIA, a GTX 1060 tem a performance da GTX 980, mantendo o mesmo TDP da GTX 960, apenas 120w.

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Bancada

 

A placa em detalhes

A caixa segue o mesmo padrão visto na GTX 1080 Founders e a GTX 980 Ti referência que eu recebi no ano passado, feita de um material rígido e muito bem acabado. Não há acessórios, manual ou CD de instalação, apenas a placa bem acomodada, coberta por plástico anti estático.

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Caixa frente

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Caixa lateral GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Placa e caixa

A GTX 1060 Founders se assemelha a GTX 1080 Founders, porém, o corpo da placa é de plástico, com alguns detalhes em alumínio. Mesmo assim, a placa é bem construída e aparenta robustez, nada mal para uma placa X60 de “referência”.

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Logo e carenagem

O sistema de refrigeração é baseado no tradicional cooler blower, que conduz o ar frio de fora de uma parte à outra da placa, refrigerando os componentes internos. O PCB é coberto por uma placa base de metal que auxilia a remoção do calor para posterior arrefecimento, enquanto que a GPU é arrefecida por um dissipador de cobre e alumínio.

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Cooler blower

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Cooler GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - PCB

A tradicional logo GeForce GTX também manteve a iluminação na cor verde, novamente seguindo na contramão das suas antecessoras, que tinha a mesma logo, porém apenas pintada na cor verde. É possível configurar os efeitos de iluminação via GeForce Experience.

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Led

A placa conta com um único conector de energia de 6 pinos, que em conjunto com o slot PCIe pode fornecer até 150w para a placa, suficiente para atender o seu projeto com uma certa folga. Curiosamente o conector de energia não está soldado no PCB, ao invés disso, foi posicionado no final da placa e conectado ao PCB através de fios; possivelmente para facilitar o “cable management”. A fonte mínima recomendada pela NVIDIA é de 400w.

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Parte superior

Não há um backplate traseiro conforme visto na 1080 Founders. Enquanto que a placa se estende até quase 25 cm, o PCB é pequeno, apenas 17 cm; e não há muitas surpresas aqui.. Ei espere, onde está o conector para SLI?

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - PCB traseiro

A NVIDIA decidiu não colocar o conector SLI nesta placa, como parte da sua reformulação do suporte a Multi-GPU na arquitetura Pascal, que começou com a GTX 1070 e 1080 e o suporte oficial para SLI em duas vias. Na GTX 1060, é explicado que há poucas razões para um SLI em placas final 60, sendo mais vantajoso optar por uma GPU superior, principalmente levando-se em consideração os problemas do Multi-GPU. Porém, ainda é possível fazer o SLI em jogos DX12 que tragam este recurso.

As opções de conectividade incluem uma porta DVI, uma HDMI 2.0b e três DisplayPort 1.4, que permite o suporte para 4k @ 120 Hz por exemplo.

GeForce GTX 1060 Founders Edition 6GB - Saidas de video

 

Informações dos testes

Em todos os testes que vem a seguir as placas estavam em suas condições originais, ou seja, sem alterações nos drivers, com seus perfis de fan default e clocks inalterados. As estatísticas de frames por segundo e os dados dos gráficos foram obtidos com o software Fraps.

Configuração da bancada de testes

ASUS X99 Pro
Intel Haswell-E Core i7 5820K @ 4 Ghz
HyperX Predator 4×4 GB 2400 Mhz
HyperX Predator 480 GB PCie
Corsair H100i
EVGA Supernova 1000G2
Windows 10 Pro
Crimson 16.8.2
Forceware 372.54

Bancada X99 Pro Peperaio

Temperatura

Para aferir a temperatura da placa, rodamos o benchmark do jogo Metro Last Light Redux em 4K com as configurações máximas possíveis por três rodadas, obtendo o progresso da temperatura ao longo do teste. Observamos que a GTX 1060 Founders Edition, contrariando outras placas “referência” fabricadas pela NVIDIA, não atinge a temperatura estipulada em seu Temp Target (82º), ficando estabelecida entre 70 e 76º, dependendo do tempo de duração do teste. Podemos atribuir isto ao baixo TDP + projeto de refrigeração da NVIDIA.

Progresso da temperatura da GPU - GTX 1060 Founders

Progresso da frequencia da GPU - GTX 1060 Founders

Abaixo a comparação com outras placas de vídeo, dessa vez, testando a temperatura da placa em gameplays práticos.

Temperatura load maximo - GTX 1060 Founders

Testes de desempenho – DX 11

 

Far Cry Primal

Testamos a GTX 1060 Founders Edition no recém-lançado Far Cry Primal, logo no começo do jogo, entre uma cutscene processada em tempo real e um percurso fixo que dura aproximadamente 3 minutos. O teste foi feito em três configurações diferentes, Presets High, Very High e Ultra nas resoluções 1080p e 1440p.

Far Cry Primal GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1080p

Far Cry Primal GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1440p

 

GTA 5

Grand Theft Auto V é um dos jogos mais aguardados para PC dos últimos anos. Entre promessas e muitos adiamentos, eis que em março de 2015 o game – que já havia sido lançado nos consoles – chega ao PC com gráficos ainda mais bonitos. A GTX 1060 Founders Edition foi testada em seu benchmark fixo, na última cena, com as configurações Very High MSAA2x e High MSAA2x nas resoluções 1080p e 1440p.

GTA 5 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1080p

GTA 5 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1440p

 

Rise of the Tomb Raider

Sequência do Tomb Raider 2013, sendo uma das franquias mais bem sucedidas dos games, Rise of The Tomb Raider trás um benchmark fixo com várias cenas diferentes, passando uma boa ideia da performance do hardware ao longo do jogo. A GTX 1060 Founders Edition  foi testada com os Presets High e Very High com FXAA em DX11, na próxima página veremos o teste em DX12 nesse jogo.

Rise of the Tomb Raider DX11 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1080p

Rise of the Tomb Raider DX11 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1440p

 

The Division

Testamos a GTX 1060 Founders Edition no recém-lançado The Division, logo no começo do jogo, correndo pela cidade entre a base e um determinado ponto que dura aproximadamente 2 minutos. O teste foi feito em duas configurações diferentes, Presets High e Ultra nas resoluções 1080p e 1440p.

The Division GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1080p

The Division GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1440p

 

The Witcher 3

Vencedor de uma das categorias do jogo do ano de 2015, The Witcher 3 é padrão dos testes do canal desde o seu lançamento e amplamente usado pelos sites especializados. Mundo aberto e cenários lindos fazem dele um dos games mais pesados dos testes. A GTX 1060 Founders Edition foi testada logo no começo do jogo em um trecho fixo, com as configurações High e Ultra com o Hairworks off.

The Witcher 3 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1080p

The Witcher 3 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1440p

Testes de desempenho – DX 12

 

Ashes of the Singularity

Pioneiro para testes em DirectX 12, Ashes of the Singularity conta com uma poderosa ferramenta de benchmark que nos permite avaliar não apenas os FPS ou o Frametime, mas detalhes como overhead do driver, performance CPU Bound entre outros. Testamos a GTX 1060 Founders Edition em três configurações, High, Extreme e Crazy nas resoluções 1080p e 1440p.

Ashes of the Singularity DX12 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1080p

Ashes of the Singularity DX12 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1440p

 

Hitman 2016

Testamos a GTX 1060 Founders Edition no recém-lançado Hitman, que foi lançado com suporte a DirectX 12. O teste foi feito em seu benchmark fixo com as configurações máximas nas resoluções 1080p e 1440p.

Hitman DX12 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1080p

Hitman DX12 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1440p

 

Rise of The Tomb Raider

Testamos a GTX 1060 Founders Edition no benchmark fixo do jogo Rise of the Tomb Raider, que foi lançado com suporte a DirectX 12. O teste foi feito em seu benchmark fixo no Preset High e FXAA nas resoluções 1080p e 1440p.

Rise of the Tomb Raider DX12 GTX 1060 Founders Edition vs RX 480 Ref - 1080p

 

3DMark Time Spy

3DMark Time Spy é um recém-lançado benchmark sintético da Futuremark, que avalia a performance da placa de vídeo e do processador ao final do teste. Rodamos a GTX 1060 Founders em sua configuração default e o resultado está abaixo.

3DMark Time Spy GTX 1060 Founders 6GB

Frametime

Tão importante quanto os FPS, o frametime ou tempo do frame, mostra em quantos milisegundos cada frame demorou para ser processado dentro de um segundo, mostrando se houve spikes (altos e baixos), instabilidade e etc. Seguem os testes nos jogos Ashes of the Singularity, GTA 5, Rise of the Tomb Raider e The Witcher 3.

 

Frametime GTX 1060 Founders - Ashes DX12 1080p

Frametime GTX 1060 Founders - GTA 5 1080p

Frametime GTX 1060 Founders - ROTTR DX12 1080p

Frametime GTX 1060 Founders - The Witcher 3 1080p

 

Benchmarks

 

3DMark Firestrike

O famoso benchmark 3DMark Firestrike é um dos mais utilizados no mundo inteiro para avaliação de placas de vídeo de alta performance. Nestes testes, verificamos a performance da GTX 1060 Founders em comparação com outras placas no modo Performance, Extreme e Ultra.

3DMark Firestrike Performance - GTX 1060 Founders

3DMark Firestrike Extreme - GTX 1060 Founders

3DMark Firestrike Ultra - GTX 1060 Founders

 

Unigine Heaven

O Heaven Benchmark 4.0 é um dos testes mais exigentes da atualidade. Durante aproximadamente 5 minutos, ele coloca a GPU em stress sob diversas condições, e ao final apresenta uma pontuação e a taxa de quadros médio que a placa processou os testes. Vejamos como a GTX 1060 Founders se sai contra outras placas de vídeo.

Unigine Heaven - GTX 1060 Founders

Overclock

Seguindo o que já foi visto na outras GPUs Pascal, a GTX 1060 permitiu um belo aumento na GPU e memória, trabalhando em 2.1 e 9 Ghz respectivamente. O GPU Boost 3.0, ainda mais eficiente que o 2.0, eleva o clock boost da GPU automaticamente até um ponto ideal entre temperatura, potência e claro, procurando maximizar a performance.

GTX 1060 Founders Edition overclock

O desempenho em overclock foi muito bom mesmo em um cooler blower. A GPU trabalhou abaixo do temp target o tempo todo, não sendo preciso fazer ajustes de fan. Com isso, o clock permanece sempre acima do Boost típico, sem throttling abaixo disto ou pior, estabelecido no base clock. O baixo TDP é um dos diferenciais. Portanto, a placa não sofre com limitações térmicas como estávamos acostumados a ver em placas de referência.

Rise of the Tomb Raider Overclock - GTX 1060 Founders

Conclusão

A GTX 1060 chega ao mercado para concorrer com a também recém-lançada, RX 480. Disponibilizada inicialmente por US$ 249, é apenas US$ 20 mais cara, e a performance em relação a RX 480 varia conforme o jogo; Em alguns casos há vitória, outros empate técnico com pouca variação. A versão Founders Edition chega com o preço de um produto Premium, US$ 50 a mais ou cerca de 25% mais cara que a RX 480 8GB.

Existe duas formas distintas de analisarmos o preço. Por um lado, especificadamente falando da Founders Edition, US$ 299 é 50% mais caro que a última placa final 60, GTX 960, enquanto que o MSRP seguiu o que já foi visto antes na GTX 760, US$ 249. Por outro lado, este nível de performance era vendido 2 anos atrás por US$ 549 com a GTX 980, hoje, a partir de US$ 249.

Com isso, a GTX 1060 aumenta significativamente o nível de desempenho do mercado mainstream para 1080p Ultra e 1440p High, sendo um belo upgrade em relação à GTX 960 e ainda mais em relação a outras placas X60 anteriores.

A relação Performence por Watt foi mais uma vez aprimorada. Pelos mesmos 120w da GTX 960, a GTX 1060 é cerca de 70% mais rápida em benchmarks sintéticos como 3Dmark Firestrike, equiparando-se a GTX 980. E ainda é possível ir além; com overclock na GPU e memória, a placa ultrapassa o desempenho de placas como R9 390x e fica mais próxima da Fury e GTX 980 customs.

Os modelos customizados deverão trazer clocks ainda maiores, conector de 8 pinos e um VRM mais robusto para impulsionar a GPU, tendo a vantagem de serem mais baratos que a Founders, a partir de US$ 249. Modelos de 3GB também foram disponibilizados a partir de US$ 199, na mesma faixa de preço da RX 480 4GB, estabelecendo assim os dois lados desta nova batalha pelo segmento mainstream.

A GTX 1060 Founders é uma placa bem construída, apresenta um ótimo desempenho e temperaturas baixas mesmo em overclock, porém, é posicionada em um preço premium de US$ 50 acima dos modelos dos parceiros, sendo difícil ser recomendada como a melhor opção. Considerando que o modelo consta como esgotado no site da NVIDIA e o fato das placas customizadas serem mais baratas, esta é a mais provável escolha dos usuários ao optar por uma GTX 1060.

 

Prós:

  • Performance da GTX 980 com TDP da GTX 960, MSRP estabelecido num patamar já conhecido das placas X60;
  • Boa qualidade de construção;
  • Ótimo potencial de overclock;
  • Eficiência energética ainda mais aprimorada;
  • Trabalha em temperaturas abaixo dos 80º, sem throttling;
  • Recebe o pacote completo de tecnologias Pascal, como Simultaneous Multi-Projection, Ansel, FastSync, HEVC, VR;
  • HDMI 2.0b e DP 1.4 são diferenciais;

 

Contras:

  • Não suporta SLI;
  • Preço elevado para o modelo Founders Edition;