Comparativo de SSDs SATA 240GB – Kingston, Sandisk, Crucial, Adata, Teamgroup, HyperX, Gigabyte, WD

Lucas Peperaio
06/10/2020
Review

Fala pessoal! Com os SSDs cada vez mais baratos e se popularizando nos PCs, notebooks e até chegando nos consoles, vem a seguinte dúvida. Com tantas marcas e modelos disponíveis, qual escolher? Neste artigo eu vou trazer o teste de 8 SSDs das marcas mais populares no mercado, obviamente não vou trazer todos os modelos possíveis, mas acredito que dá para ter uma boa ideia. Ao final deste artigo eu vou escolher a opção que eu achei mais interessante.

Estou usando apenas versões de 240GB ou 256GB pois a versão de 120GB não está valendo tanto hoje em dia por conta da diferença de preço que é muito baixa. Vamos para o comparativo.

 

Kingston A400 240GB

Kingston A400 240GB

O primeiro SSD é o Kingston A400 240GB que figura entre os mais vendidos do Brasil pois normalmente é o mais barato, podendo ser encontrado na faixa dos R$ 170,00. Sua velocidade rotulada é de 500 MB/s de leitura sequencial e 350 MB/s de gravação sequencial, com NANDs do tipo TLC e com a durabilidade estimada para gravação até somar 80TB. 3 anos de garantia.

E vale explicar este ponto. O SSD teoricamente não tem limite da quantidade de dados que pode ser lidas nele, mas de gravação sim, pois há um desgaste nas células a cada bit gravado. E isso é informado pelo fabricante pelo TBW, quantidade total de bytes que podem ser gravados antes que atinja este limite, que não é o limite máximo absoluto, e sim um limite seguro que o fabricante estabeleceu, podendo passar acima disso.

 

Sandisk Plus 240GB

Sandisk Plus 240GB

Outro SSD popular no mercado é o Sandisk Plus 240GB, que pode ser encontrado em uma faixa de preço similar aos outros por volta dos R$ 170. Se destaca por ter uma leitura sequencial nos 530 MB/s e gravação sequencial até 440 MB/s, mas infelizmente a Sandisk tem um péssimo costume de esconder ou não revelar qual tipo de NAND foi utilizada, nem sua durabilidade, o que indica que podem haver lotes com NANDs ou controladoras diferentes, logo, performances diferentes ao longo de diferentes revisões. Isso já liga o sinal de alerta para este SSD. Ele recebe 3 anos de garantia também.

Outro ponto interessante que vale mencionar é que a maioria destes SSDs de baixo custo são de baixo custo por alguns motivos. Durabilidade, já explicada agora pouco e pelo fato de serem “DRAM-LESS”, ou seja, sem memória RAM interna, fazendo com que a performance especialmente em testes aleatórios seja prejudicada diante de um SSD mais caro com memória RAM.

 

Crucial BX500

Crucial BX500 - 240GB

Entre os SSDs de baixo custo este é um dos modelos mais bem falados. Usando NANDs 3D TLC da Micron e também encontrado por menos de R$ 200, o BX500 240GB atinge até 540 MB/s de leitura e 500 MB/s de escrita, com TBW de 80 TB e garantia de 3 anos. Por ser de baixo custo, não trás cache DRAM, apenas as versões MX500 é que trazem.

 

Teamgroup L3 EVO

Team Group L3 EVO 240GB

Teamgroup que é focada em RAM e SSD também tem apresentado seus modelos no Brasil. Eu tenho em mãos o L3 EVO 240GB que entrega até 530 MB/s de leitura sequencial e 470 MB/s de gravação sequencial. A NAND utilizada aqui é TLC e a durabilidade TBW não é informada, ligando o sinal de alerta para ele também. 3 anos de garantia segundo o fabricante e também pode ser encontrado por menos de R$ 200.

 

HyperX Savage

HyperX Savage 240GB

A divisão de alta performance da Kingston chamada HyperX trás o Savage que é um dos melhores SSDs deste comparativo, mas que não é encontrado no mercado mais e servirá como referência de um SSD com memória DRAM. Esta versão de 240GB oferece até 560 MB/s de leitura sequencial e 530 MB/s de gravação sequencial, usa NANDs do tipo MLC que são mais duráveis e isso reflete diretamente na sua durabilidade, 306TBW, a maior de todos os SSDs aqui testados. Garantia padrão de 3 anos.

 

Gigabyte UD PRO

Gigabyte UD PRO 256GB

A Gigabyte que é relativamente nova nesta área de SSDs trás o UD PRO 256GB que é um dos SSDs SATA mais caros deste comparativo, você acha por cerca de R$ 300. Isso porquê ele tem memória RAM interna e uma durabilidade maior que os SSDs mais baratos, 100 TBW com 3 anos de garantia. Ele usa NANDs do tipo 3D TLC e atinge as velocidades de 530 MB/s de leitura sequencial, 500 MB/s de escrita sequencial.

 

WD Green

WD Green 240GB

Western Digital muito conhecida por seus HDs também tem apostado no mercado de SSDs. Estou aqui com a versão básica WD Green 240GB que pode ser encontrado também abaixo dos R$ 200, oferece até 545 MB/s de leitura sequencial e 465 MB/s de escrita sequencial, NANDs do tipo TLC, com TBW de 80 TB e garantia de 3 anos.

 

XPG Gammix S5

XPG Gammix S5 256GB

E para fins de comparação, eu vou colocar um SSD NVMe M.2 neste vídeo, o XPG Gammix S5 256GB que é encontrado por volta dos R$ 330. Ele atinge até 2100 MB/s de leitura sequencial e 1200 MB/s de escrita sequencial, com NANDs 3D TLC de durabilidade TBW 150TB e se destaca pelos seus 5 anos de garantia e dissipador de calor incluso.

 

HD Seagate Barracuda

Seagate Barracuda 1TB

E também para fins de comparação eu vou colocar um HD SATA 3 comum de 7200 RPM da Seagate, pois muitos que irão comprar um SSD hoje querem fazer isso para substituir um HD.

 

Testes

Vamos finalmente aos testes práticos.

 

AS SSD

Em AS SSD aferindo a velocidade sequencial, vemos que o SSD M.2 NVME dispara na frente e nem é dos mais rápidos que existem. Isso vai se repetir por todos os testes. Entre os SSDs SATA, o Savage apresentou o melhor resultado absoluto seguido de perto pelo Crucial. Sandisk Plus teve a pior gravação e como referência, o HD fica na parte de baixo.

Comparativo de SSD - 01 - AS SSD (Sequencial)

No teste aleatório a diferença do XPG cai drasticamente, Crucial seguindo de perto na escrita enquanto que na leitura o L3 EVO se saiu melhor. Sandisk Plus novamente foi o pior SSD, e o HD … bom, agora vocês entendem porque um HD é tão lento quando usado para o sistema operacional, um SSD chega a ser 100 vezes mais rápido.

Comparativo de SSD - 02 - AS SSD (Aleatório)

Nos testes de tempo de acesso, o HD por ser mecânico passa dificuldade, e o melhor resultado absoluto fica no UD PRO que tem cache DRAM, seguido pelo Crucial e novamente o Sandisk Plus fica bem abaixo e demora proporcionalmente muito mais para responder do que os outros SSDs.

Comparativo de SSD - 03 - AS SSD (Latência)

 

ATTO DiskBenchmark

Em ATTO DiskBenchmark vemos o progresso de cada dispositivo, onde novamente o S5 dispara e a maioria dos SSDs entregam resultados bem parecidos, apenas o Sandisk Plus que fica um pouco abaixo e o HD obviamente também. Ao lado da legenda vocês podem conferir a velocidade média de cada SSD.

Comparativo de SSD - ATTO (Leitura)

Comparativo de SSD - ATTO (Escrita)

 

Teste no Pacote Adobe e Microsoft Office

Partindo agora para o mundo real. A suíte de softwares PCMark 8 trás diversos testes de armazenamento, veremos aqui que na maioria esmagadora dos testes, haverá empate técnico entre os SSDs, mesmo o melhor deles não processa o software e seus arquivos muito mais rápido que os mais lentos. Na legenda dos gráficos consta a quantidade de bytes lidos e gravados.

Comparativo de SSD - PCMark 8 - Adobe After Effects

Comparativo de SSD - PCMark 8 - Adobe Illustrator

Comparativo de SSD - PCMark 8 - Adobe Indesign

Comparativo de SSD - PCMark 8 - Adobe Photoshop Heavy

Comparativo de SSD - PCMark 8 - Adobe Photoshop Light

Comparativo de SSD - PCMark 8 - Microsoft Excel

Comparativo de SSD - PCMark 8 - Microsoft Powerpoint

Comparativo de SSD - PCMark 8 - Microsoft Word

 

Velocidade em carregamentos

Não é diferente com o carregamento de jogos, por exemplo o GTA 5 levou 30 segundos em todos os SSDs SATA, sendo 2 segundos mais rápido no NVMe e 20 segundos mais lento no HD 7200 RPM. Já no carregamento do Windows, a diferença entre HD e SSD é mais ressaltada. 45 segundos no HD, 15 segundos no SSD mais lento, Sandisk Plus, 10 segundos no SSD mais rápido.

Comparativo de SSD - Load (GTA5)

Comparativo de SSD - Load (Windows 10)

 

Teste de transferências de dados 

Quando transferimos arquivos usando uma RAMDISK para o SSD ou HD, podemos ver um cenário sem gargalo para descobrirmos qual é o SSD mais rápido para o uso diário. Enviando um único arquivo de 6.30 GB vemos que o XPG S5 termina em incríveis 5 segundos, Savage e BX entregando os melhores resultados entre os SATAs, Sandisk e Teamgroup entregando quase o mesmo que um HD… e, bom, inacreditavelmente, A400 demorou mais que um HD para gravar. E não, o teste não está errado. A performance do A400 na gravação não se mantém alta por muito tempo e isso acaba acontecendo. Transferindo 16.945 arquivos de diferentes tamanhos da RAMDISK para os SSDs, vemos um cenário parecido com o anterior, apenas levando mais tempo. O SSD mais lento foi o L3 EVO e o HD demorou mais de um minuto para terminar.

Comparativo de SSD - Transferência (ISO)

Comparativo de SSD - Transferência (Multiplo)

 

Conclusão

Baseado nos vários testes, entre os SSDs SATA de baixo custo, o SSD que mostrou uma maior consistência nos testes com o melhor preço possível foi o Crucial BX500 240GB e portanto é a minha escolha neste comparativo, mesmo sem ter cache DRAM. Ele pode ser encontrado por menos de R$ 200. Na falta dele, o WD Green não se saiu mal e seria a minha segunda alternativa. Como terceira alternativa eu optaria pelo A400, mas desde que o preço fosse seu principal diferencial. E evitaria o Sandisk Plus.

E caso você esteja focando em SSDs de alto desempenho, o XPG S5 NVMe apresentou o melhor resultado absoluto entre todos, tanto nos testes sintéticos quanto nos práticos, tem 5 anos de garantia, mas custa acima dos R$ 300, então terá que desembolsar um pouco a mais. Na verdade eu sugiro uma outra versão que é a S11 Pro 256GB, pois ele é mais rápido, mais durável e tem cache DRAM.

Agora, nesta faixa dos R$ 350 é possível pegar SSDs mais lentos porém já com 480GB. É uma escolha que cada um terá que fazer.

Com relação a garantia, vocês viram que o mínimo que as marcas estão oferecendo é 3 anos, mas vale ressaltar que elas informam que o TBW, quantidade total de bytes gravados também é um tipo de garantia. Ou seja, se você gravar além do TBW do SSD, a garantia também acaba.