GTX TITAN X: Temperatura, consumo e ruído – Stock e Overclock + Benchmarks

Lucas Peperaio
06/05/2015
Testes

Olá, seja bem-vindo ao site Peperaio Hardware. Sou o Lucas Peperaio, e no artigo de hoje faremos um teste completo de temperatura, consumo e ruído da placa de vídeo Nvidia GeForce GTX TITAN X em stock e em overclock. Ao final do vídeo, um teste de ruído com a placa em iddle e load, e os resultados de benchmark no 3DMark Firestrike, comparando o desempenho com a GTX 980.

Assista primeiramente ao vídeo completo no youtube:

Agora vamos ao artigo escrito:

 

Teste de temperatura e consumo – Firestrike

Estamos rodando o 3DMark Firestrike, um dos benchmarks mais pesados e utilizados da atualidade para comparações de placas de vídeo. Lado a lado temos os dois testes, stock e overclock. No topo da tela temos as informações da placa de vídeo e do processador fornecidos pelo Riva Tunner e Hwinfo64 (tutorial). Vemos ali os frames por segundo, clock da GPU, clock da memória, temperatura da GPU, uso de GPU e velocidade de rotação da fan. Na parte de baixo temos a medição em tempo real (Watts) do que está sendo extraído da tomada, lembrando que o consumo em si é um pouco menor, pois a fonte desperdiça um pouco de energia em forma de calor no processo de conversão e retificação. Nesse caso, a eficiência ajuda bastante, nos testes foi usada a Corsair AX760 80 Plus Platinum, que tem 92% de eficiência típica quando está em 50% de carga (estudo).

Teste temperatura, consumo, ruido, 3dmark Stock e overclock GTX TITAN X_

No teste em stock, da mesma forma que no último artigo onde rodamos vários jogos, temos a temperatura estabelecida no limite pré-definido, 83º. Esta é a condição original da placa, sem nenhuma alteração. E no teste em overclock com o clock da GPU próximo de 1400 Mhz, observem que a temperatura está bem menor que no teste em stock, e o motivo disso é bem simples. Mesmo com um clock bem maior e tensões maiores, a curva de fan foi modificada, para que vocês vejam como um único ajuste pode fazer uma grande diferença. Observem que no teste em stock, a fan fica automaticamente em 50% quando a GPU atinge 83º, deixando a placa silenciosa, porém, muito quente. E no teste em overclock, uma simples alteração que sincroniza a temperatura com a rotação da fan, fez a placa ficar com um pouco mais de ruído, porém, bem mais fria.

E como vocês sabem, temperatura é um ponto chave para manter a performance, pois para manter a temperatura dentro do limite, a placa reduz o clock, e consequentemente, a performance. Isso é conhecido como throttling.

Teste temperatura, consumo, ruido, 3dmark Stock e overclock GTX TITAN X

Sobre o consumo, em stock temos valores que variam bastante durante o teste, devido ao fato da placa rodar um pouco mais forte quando estava fria, e com clocks menores quando ficou mais quente. Então, observamos que são extraídos da tomada entre 340 e 370W, e no teste em overclock, como a temperatura fica bem estável com os ajustes que já foram mencionados, temos um valor igualmente estável, 420w. Portanto, a fonte mínima recomendada para essa placa é de 600w, pois assim temos uma boa folga. É claro que, potência não é tudo, é preciso investir principalmente em qualidade.

Vamos agora para o teste de ruído da placa.

 

Teste de ruído

No teste de ruído, posicionamos o microfone a uma distância de aproximadamente 25CM de distância da placa, para simular um ambiente onde um usuário fica a esta distância do computador. Temos como resultado 37 DBa com a placa em iddle (descanso) e 41 DBa com a placa em load (carga), valores bem aceitáveis.

Teste temperatura, consumo, ruido, 3dmark Stock e overclock GTX TITAN X - Temperatura Iddle Teste temperatura, consumo, ruido, 3dmark Stock e overclock GTX TITAN X - Temperatura Load

 

Teste em Benchmarks

Para completar a série de artigos da GTX TITAN X, faremos 8 testes em benchmarks, apenas no 3Dmark Firestrike, nos modos: Performance, Extreme e Ultra em stock e em overclock. E apenas para comparativos, resultados da GTX 980 referência que testamos aqui no canal.

benchmarks GTX TITAN X - 3DMark Firestrike performance, extreme e ultra

Antes de mais nada, todos os testes foram rodados na mesma máquina, e com o processador no mesmo clock (4.5 Ghz). Para comparar, usamos a pontuação gráfica (Graphics Score). Vamos as comparações:

3DMark Firestrike Performance

  • Stock: 14753 pts na pontuação final e 17942 pts na pontuação gráfica. Link.
  • Overclock: 16181 pts na pontuação final e 20785 pts na pontuação gráfica, 15,84% a mais que no teste em stock. Link.

3DMark Firestrike Extreme

  • Stock: 7679 pts na pontuação final e 8180 pts na pontuação gráfica. Link.
  • Overclock: 8923 pts na pontuação final e 9720 pts na pontuação gráfica, 18,82% a mais que no teste em stock. Link.

3DMark Firestrike Ultra

  • Stock: 3981 pts na pontuação final e 3891 pts na pontuação gráfica. Link.
  • Overclock: 4681 pts na pontuação final e 4636 pts na pontuação gráfica, 19,14% a mais que no teste em stock. Link.

Comparação com a GTX 980: A GTX TITAN X rodada sob as mesmas condições, fica 35,27% mais forte em Stock e 33,71% em Overclock. Ambas as placas foram ajustadas para obter o clock máximo estável.

GTX TITAN X firestrike perf - stock GTX TITAN X firestrike perf - over

GTX TITAN X firestrike extreme - stock GTX TITAN X firestrike extreme - over GTX TITAN X firestrike ultra - stock GTX TITAN X firestrike ultra - overclock

Encerramos esta série de artigos sobre a GTX TITAN X aqui. Inscreva-se no canal para não perder as novidades, curta as fanpages do canal, PeperaioHardwareBRLucasPeperaioBlog no facebook. E claro, a fanpage da empresa que está apoiando o canal, a SaltComp Informática. Grande abraço galera, até mais!

1 comentário