Review: Nvidia GeForce GTX TITAN X

Lucas Peperaio
27/04/2015
Review

Olá, seja bem vindo a mais um artigo com vídeo do site Peperaio Hardware. Sou o Lucas Peperaio, e no artigo de hoje vamos fazer uma análise da placa de vídeo Nvidia Geforce GTX TITAN X. Deixo aqui um agradecimento especial a loja SaltComp informática que gentilmente cedeu esta placa para testes. Vamos lá:

Assista primeiramente ao vídeo completo no youtube:

Agora vamos ao artigo escrito:

 

Introdução

A GTX TITAN X foi lançada oficialmente no dia 17 de março de 2015, e vem com um objetivo bem simples, ser a Single GPU mais rápida do mundo para jogos. Ela é equipada com o chip GM200 da arquitetura Maxwell, o High-End da Nvidia com nada mais nada menos que 8 bilhões de transistores, em um die de 601mm². E os números surpreendentes não param por ai, a maioria das suas especificações são 50% superiores a da sua irmã menor GTX 980, como os Cuda Cores, 3072 contra 2048.

GTX TITAN X GTX 980
GPU GM200 GM204
CUDA Cores 3072 2048
SMMs / SMXs 24 16
TMUs 192 128
ROPs 96 64
Clock da GPU 1000 / 1075 Mhz 1126 / 1216 MHz
Clock da Memória 7012 MHz 7012 MHz
Tamanho da Memória 12 GB 4 GB
Barramento da Memória 384-bit 256-bit
Largura de Banda 336.5 GB/s 244 GB/s
FP Single Precision Perf. 6.144 TFLOPS 4.61 TFLOPS
FP Double Precision Perf. 0.192 TFLOPS 0.144 TFLOPS
TDP 250w 165W
Preço US$ 999 US$ 549

A quantidade de memória vai muito mais além, são 12 GB de memória sob a interface de 384-bit, que fornece uma largura de banda 50% maior que a GTX 980. Essa imensa quantidade de memória é um dos diferenciais da placa para games em altas resoluções e para sistemas com multi monitores, que exigem grandes quantidades de VRAM. Definitivamente, memória não é um problema aqui.

E claro, a TITAN X conta todos os recursos introduzidos a partir da arquitetura Maxwell, como o VXGI, DSR e MFAA, que já foram testados aqui no site.

 

Design e Refrigeração

Seu design é bem parecido com o modelo referência da GTX 980 que testamos aqui no canal, tendo como diferença a cor da placa, preta ao invés da cor prata; e a falta do backplate traseiro, que ajuda na dissipação do calor dos componentes traseiros, como os chips de memória, além de proteger os componentes e deixar a placa mais bonita. Segundo a Nvidia, a falta do backplate é justificada pelo fato da sua remoção ajudar no fluxo de ar entre as placas, no caso do usuário utilizar duas ou mais.

Review GeForce GTX TITAN X - Design
Review GeForce GTX TITAN X - Peperaio Hardware pt-br - Visão frontal da placaReview GeForce GTX TITAN X - Peperaio Hardware pt-br - Parte traseira PCB

A carenagem da placa é feita em alumínio com uma pintura rugosa na cor preta. Os detalhes na cor prata e a logo TITAN X destaca ainda mais o visual e deixa a impressão de um acabamento premium. Através da janela frontal de policarbonato transparente, podemos ver as aletas de alumínio do dissipador, que em conjunto com a câmara de vapor de cobre, compõe o sistema de refrigeração da TITAN X. Sua função é retirar o calor da GPU em um processo semelhante a um heatpipe, para então a fan no estilo blower empurrar cuidadosamente o ar quente em direção da saída de ar na parte traseira da placa.

Review GeForce GTX TITAN X - Peperaio Hardware pt-br - Dissipador de aluminio e camara de vapor de cobre Review GeForce GTX TITAN X - Peperaio Hardware pt-br - Blower

A fan é construída com tecnologias que permitem eficiência e durabilidade, além de baixo nível de ruído. E neste ponto a Nvidia perdeu a oportunidade de deixar a placa ainda mais bonita. A imagem de divulgação do produto mostrava um blower iluminado com um led verde, mas era apenas uma edição, provavelmente para deixar a imagem mais chamativa.

Review GeForce GTX TITAN X - Peperaio Hardware pt-br - Imagem de divulgacao inicial

Internamente, temos ainda uma base de alumínio que cobre os componentes essenciais da placa, como os chips de memória que estão dos dois lados do PCB, e o circuito regulador de tensão. Segundo a Nvidia, o fluxo de ar para estes componentes também foi melhorado, de forma a mantê-los mais frios, e assim, melhorar o potencial de overclock da placa. E falando em overclock, a placa conta com um circuito regulador de tensão de 6+2 fases, sendo 6 dedicadas a GPU e 2 as memórias, que é suficiente para fornecer o que a placa precisa, permitindo inclusive aumentos significativos no clock da GPU, acima dos 1400 Mhz segundo a Nvidia.

Review GeForce GTX TITAN X - Peperaio Hardware pt-br - Base de aluminio que cobre os componentes essenciais Review GeForce GTX TITAN X - Peperaio Hardware pt-br - PCB frontal Review GeForce GTX TITAN X - Peperaio Hardware pt-br - VRM PCB

Na parte de cima da placa, temos os tradicionais conectores para SLI, que permitem até 4 placas ligadas ao mesmo tempo; a logo Geforce GTX que acende na cor verde e pode ser controlada pelo GeForce Experience, e dois conectores de alimentação, sendo um de 6 pinos e um de 8 pinos. O projeto original da placa fornece até 275W de potência, ao configurar o power limit em 110% em softwares como MSI Afterburner. O TDP é de 250w, um pouco maior do que estávamos vendo na série GTX 900, mas ainda assim não é um valor alto, se considerarmos que a placa manteve o mesmo TDP da primeira Titan, trazendo mais performance que sua antecessora.

Review Nvidia GeForce GTX TITAN X - PT-BR Peperaio Hardware - Placa deitada, conectores SLI, logo e PCI ExpressReview Nvidia GeForce GTX TITAN X - PT-BR Peperaio Hardware - Saidas de video

Na parte de trás, temos 5 conectores de vídeo, sendo 1x DVI Dual Link, 3x Display Port e 1 HDMI 2.0.

 

Conclusão

A GTX TITAN X veio para assumir o posto de Single GPU mais rápida do mundo para jogos, e é uma das poucas que conseguem manter uma boa jogabilidade em 4K, mesmo com as configurações dos jogos bem elevadas. Ela fornece um grande salto de desempenho em relação a até então single GPU mais rápida, GTX 980, de aproximadamente 30 a 40%. Em seu projeto, foram utilizados os componentes de mais alta qualidade, com o objetivo de manter a eficiência acústica, térmica, e para possibilitar clocks bem acima do padrão, mesmo com o sistema de refrigeração padrão da placa.

Diferente da primeira TITAN que buscava agradar os dois mundos, os games e o processamento em dupla precisão, a TITAN X vem com um único objetivo, os games, especialmente em altas resoluções, devido a sua alta capacidade de processamento e quantidade de memória disponível. Segundo a Nvidia, a precisão simples é mais importante nesta placa, portanto, para os usuários que precisam trabalhar com dupla precisão e esperava uma boa performance da TITAN X, a Nvidia recomenda o investimento na TITAN Black, TITAN Z ou as placas especialmente desenvolvidas para este tipo de trabalho, que são da linha Quadro e Tesla.

Aos poucos, as altas resoluções como 4K vão ganhando mercado, e a TITAN X vem com a promessa de rodar a maioria dos jogos recentes nesta resolução e com a maioria das configurações no máximo, sem se preocupar em estourar o limite de memória. Sem dúvidas, é uma placa pensada no futuro, pois mesmos os jogos mais pesados em 4k e com tudo no máximo, consome algo em torno dos 6 GB de memória ou menos.

Review Nvidia GeForce GTX TITAN X - PT-BR Peperaio Hardware - Pronta para 4K

Seu preço não é dos mais agradáveis, a placa custa US$ 999 dólares nos EUA, o mesmo da primeira Titan, e aproximadamente R$ 5500 no Brasil com os impostos. Porém, vale destacar que esta é uma placa de luxo, e o seu mercado busca performance a todo custo, sem se preocupar tanto com o preço.

Para usuários que querem obter uma performance similar e pagando menos, uma boa opção é um SLI de GTX 970 ou GTX 980, que custa menos, mas possui um limitador na questão da memória disponível, 4 GB apenas contra os 12 GB da Titan X, já que a memória das placas em SLI não se somam. Existem informações sobre o DirectX12, onde seria possível a soma de memória de vídeo, mas ainda não temos informações e testes concretos sobre o assunto. Portanto, hoje, uma TITAN X é a mais indicada para altas resoluções, devido à enorme quantidade de memória disponível e sua capacidade de processamento.

Nos próximos dias teremos os testes completos em jogos, benchmarks, temperatura, consumo e ruído com a placa em stock e overclock. Portanto, fiquem ligados, inscreva-se lá no canal e compartilhe com seus amigos. Grande abraço galera, até mais!

1 comentário