Review PCYES RTX 3070 Grafitti Gaming Pro 8GB

Lucas Peperaio
23/02/2021
Review

Estamos passando por um momento muito ruim no cenário de placas de vídeo, com muita escassez e preços bem inflacionados, onde as placas intermediárias são as que naturalmente sofrem mais por serem as mais procuradas pelas pessoas. O que nós temos visto então é maior abundância nos dois extremos, ou você compra as Low End, GT 710, GTX 1030, RX 550 até uns 600 reais, ou pula direto para as High-end, como a RTX 3070 que começa a partir dos R$ 5200 hoje, disponível em diversos modelos e em várias lojas.

Overview

O modelo que eu trago hoje é o Gaming OC da PCYES, marca nacional que remarcou o projeto Gaming Pro de uma das maiores fabricantes do mundo, a Palit, dona de marcas como Galax e Gainward. Em resumo é uma placa Palit vendida no Brasil com outro nome, com garantia e suporte local. RTX 3070 é uma das placas mais rápidas da atualidade, com performance equiparável a uma RTX 2080 Ti, portanto com excelente performance para 1440p e 4K, e mesmo nesta crise, é comercializada por muito menos que encontrávamos a 80 Ti, antigamente na casa dos 8 a 10 mil reais.

PCYES RTX 3070 GS - Placa (Cima)

Olhando para o projeto, como dito, é quase igual ao Palit Gaming Pro, exceto pela logo Palit na primeira fan que é substituída pela da PCYES. Temos então mais uma RTX 3070 com três fans, estas sendo de 85mm com recurso Fan Stop. Por cima, um frame de metal que trás um estilo interessante para a placa, junto a um sistema de iluminação ARGB que por padrão vem em multicores, mas pode ser personalizado via software da marca.

PCYES RTX 3070 GS - Backplate

PCYES RTX 3070 GS - Backplate (Desmontado)

PCYES RTX 3070 GS - Backplate com Thermalpads

Ela conta com um design semi-aberto, onde o ar quente sai pelos lados, por trás e pelo backplate, que assim como as outras placas RTX 30, tem furações do tipo colmeia que permite a exaustão do calor para fora da placa, já que o PCB em si é bem mais curto.

PCYES RTX 3070 GS - Logo

Apesar de não ser um modelo overclockado, a fabricante trouxe um duplo conector de 8 pinos, que ajuda a fornecer melhores limites de energia para a placa e ajudar no eventual overclock.

PCYES RTX 3070 GS - Conexões - 1

PCYES RTX 3070 GS - Conexões - 2

Na parte de trás vemos os tradicionais DP e HDMI 2.1 para permitir múltiplos monitores. A placa mede 29.4cm de comprimento e ocupa dois slots e meio do sistema.

 

Construção Interna

PCYES RTX 3070 GS - Dissipador (Ângulo)

PCYES RTX 3070 GS - Dissipador (Cima)

PCYES RTX 3070 GS - Backplate com Thermalpads (Zoom)

PCYES RTX 3070 GS - Parte Inferior

E PCYES trás o sistema de refrigeração em múltiplas etapas. O primeiro é o dissipador com aletas de alumínio em diferentes tamanhos, junto a uma base que faz o contato completo com a GPU e 4 heatpipes 6mm de cobre niquelados que transporta o calor para o segundo bloco, onde aquela fan sopra o calor para fora da placa. Em contato com este bloco existe uma baseplate de liga de alumínio com thermalpads para RAM, DrMOS e indutores que basicamente cobrem o essencial da placa e troca calor com o dissipador principal. O backplate não tem função de dissipador, na verdade é apenas um backplastic para estética.

PCYES RTX 3070 GS - PCB (Frente)

PCYES RTX 3070 GS - PCB (Back)

PCYES RTX 3070 GS - Fans (Frente desmontada)

Por baixo do gigante cooler um compacto PCB, com shunts e indutores para medição de carga e filtragem da corrente de entrada, além de fusistores para proteção nas proximidades das fontes de energia. Antes de chegar a GPU e RAM um filtro composto por 13 capacitores sólidos na entrada (270uF 16V 5K) e 12 na saída (820uF 3V 5K), além de indutores 22nH, capacitores de tantalum por baixo da GPU e vários de cerâmica, compreendendo desde as frequências baixas as altas do ripple.

PCYES RTX 3070 GS - VRM - 1

PCYES RTX 3070 GS - GPU

PCYES RTX 3070 GS - VRM - 2

PCYES RTX 3070 GS - VRM - 3

Enfim no VRM da placa, este é composto por DrMOS, circuitos integrados mais eficientes que os tradicionais Mosfets, neste caso o AOZ5311 de 50A, o mesmo que é usado na high-end RTX 3080 Gainward Phantom analisada antes aqui no canal e na RTX 3070 Founders Edition. Eles contam com boa resistência térmica (2.5°C/W) e permitem picos de 80A em um curto período, tolerando até 150 graus. Ao todo são 10 fases para a GPU controladas pelo PWM uP9512R e duas fases para as RAMs, controladas pelo uP1666Q usando Dual Fets SM7342E.

RTX 3070 RX 6800 RTX 2080 Ti
GPU GA104 Navi 21 TU102
Shaders 5888 3840 4352
RT Cores 46 60 68
Tensor Cores 184 – – – 544
TMUs 184 240 272
ROPs 64 96 88
Clock da GPU 1500 / 1725 MHz 1700/ 1815 MHz 1350 / 1545 MHz
Clock da Memória 14000 MHz 16000 MHz 14000 MHz
Tamanho da Memória 8 GB GDDR6 16 GB GDDR6 11 GB GDDR6
Barramento da Memória 256-bit 256-bit 352-bit
Largura de Banda 448 GB/s 448 GB/s 616 GB/s
TDP 175W 250W 250W
Energia 2 x 8-pin 2 x 8-pin 2 x 8-pin
Preço no lançamento US$ 499 US$ 579 US$ 999

A GPU é a GA104 da arquitetura Ampere, fabricada pela Samsung em 8nm com 17.4 Bilhões de transistores em uma área de 392 mm², bem menor que a GA102 da RTX 3080. Ela conta com 5888 Cuda Cores com 46 RT Cores de segunda geração para RayTracing e 184 Tensor Cores de terceira geração para IA, hoje mais explorado no DLSS. Usa RAM GDDR6 Samsung K4Z80 rotuladas para 1750 Mhz 1GB cada, totalizando 8GB em 14Ghz efetivos com largura de banda final em 448 GB/s.

 

Testes

Considerando que esta placa oferece as mesmas frequências base e boost do modelo Founders Edition já testado lá no canal, eu vou resumir os testes afinal a performance final é exatamente a mesma, ficando dentro da margem de erro.

 

Horizon Zero Dawn

Jogo que saiu do catálogo de exclusivos do console da Sony, foi lançado para PC em 2020, desenvolvido pela Guerrilla Games. Ambientação de mundo aberto com dinossauros robóticos e cenário pós-apocalíptico muito bem detalhados. Foi desenvolvido na Decima Engine.

Em Horizon Zero Dawn a PCYES RTX 3070 oferece 1 FPS a menos que o Founders na média, acima dos 60 quadros em 4K no Ultra customizado.

PCYES RTX 3070 GS - 1 - Horizon Zero Dawn

 

Microsoft Flight Simulator

Simulador de vôo lançado em 2020, Asobo Studio trouxe um visual espetacular para a franquia simulando todo o planeta Terra com representações tridimensionais, usando diversas técnicas e ferramentas, como Bing Maps e Microsoft Asure.

Em Flight Simulator no preset Alta Qualidade, 48 quadros em 4K, empatada com a placa da NVIDIA.

PCYES RTX 3070 GS - 2 - Flight Simulator

 

Resident Evil 3

Remake do terceiro jogo da aclamada franquia dos jogos de survivor horror da Capcom, RE3 foi lançado em 2020, após o sucesso do também remake, Resident Evil 2. Trazendo incríveis visuais com a RE Engine, e o resultado é um jogo com bastante realismo nas luzes e sombras, para maior imersão.

Em Resident Evil 3 Remake, 90 quadros por segundo em 4K no Ultra, consideravelmente acima da placa 70 da geração anterior, que ainda estava bem.

PCYES RTX 3070 GS - 3 - Resident Evil 3

 

Red Dead Redemption 2

RDR2 desenvolvido pela Rockstar Games, foi lançado em novembro de 2019 para PC (1 ano após o lançamento da versão dos consoles,) sendo um dos jogos mais aguardados pelos jogadores de PC, até mesmo antes da confirmação do jogo para a plataforma, tamanha a empolgação e esperança.  Um dos títulos mais aclamados da geração, ele possui temática e ambientação no velho-Oeste, mostrando cenários deslumbrantes e rico em detalhes, bem como uma narrativa densa. Criado na engine RAGE.

Em Red Dead Redemption 2 no Preset “Custom Ultra” do canal Hardware Unboxed, 64 quadros em 4K com ótima estabilidade.

PCYES RTX 3070 GS - 4 - RDR 2

Então considerando que tem a mesma performance, levando em conta a bateria de testes com 9 jogos do canal, a RTX 3070 fica cerca de 13% acima da 3060 Ti e 9% abaixo da 6800, 31% abaixo da 3080.

PCYES RTX 3070 GS - 7 - Performance Relativa

 

Temperatura

PCYES RTX 3070 GS - 6 - Progresso da Temperatura

Além do visual da placa, a diferença mais perceptível que veremos aqui em relação ao modelo Founders Edition é a temperatura, afinal é uma Triple Fan vs Dual Fan. A PCYES RTX 3070 Gaming OC alcança uma ótima média de 67 graus na GPU, máximo de 70, 6 graus abaixo do modelo da NVIDIA.

PCYES RTX 3070 GS - flir 1

PCYES RTX 3070 GS - flir 2

PCYES RTX 3070 GS - flir 3

Nas imagens térmicas com a câmera FLIR vemos os pontos quentes e frios da placa, com o dissipador e baseplate em temperaturas modestas durante o stress, além da cover de plástico traseira que dificulta a saída do calor da região, ainda com temperaturas amenas.

PCYES RTX 3070 GS - 5 - Progresso da Frequência

Na estabilidade da frequência a placa realmente fica muito similar ao modelo Founders Edition da NVIDIA, tendo esse diferencial de ser mais fria e ainda continuar com um baixo ruído. Essa margem pode ser usada para overclock, embora normalmente esbarramos no limite da GPU pouco acima dos 2000 Mhz no uso diário. Em meus testes, liberando o Power Limit e Tensão, eu consegui entre 2055 e 2070 Mhz com perfeita estabilidade e alguns graus acima do stock, subindo a RAM também para +500.

 

Conclusão

Hoje em dia, uma das poucas placas da nova geração que realmente encontramos para comprar é a RTX 3070, que tem subido de preço por vários motivos, um deles é a mineração, esta sendo uma das melhores para essa finalidade. Sua concorrente mais próxima é a RX 6800, mas esta tem estado ainda mais escassa, e que oferece um desempenho melhor por um preço também, no papel, maior.

Sobre o modelo em questão, a construção externa é simples, tem um RGB para dar um charme na placa, mas a construção interna é decente, com um VRM baseado no modelo base da NVIDIA, Founders Edition. A garantia é um ponto bastante positivo, são dois anos de fábrica + um ano mediante registro no site PCYES, totalizando 3 anos, com suporte local. O modelo é frio e silencioso, permitiu uma certa margem para OC e no geral é recomendado aqui pelo site e pelo canal.