Review RTX 3060 Ti Founder Edition

Lucas Peperaio
31/03/2021
Review

Um novo dia, uma nova placa de vídeo! Bem-vindos ao site Peperaio Hardware, eu sou o Lucas. SIM, a RTX 3080 e 3070 são muito rápidas, mas mesmo ao redor do mundo, as placas 60 são as que fazem mais sucesso, pela sua boa relação de custo-benefício, basta ver que até hoje, a GTX 1060 é a placa mais usada da Steam, e a RTX 2060, a sexta mais usada. E finalmente temos em mãos a placa 60 de nova geração, pela primeira vez chegando na versão Ti antes da versão normal.

Resumo da placa

RTX 3060 Ti - Placa e Caixa

RTX 3060 Ti - Placa e Caixa (Cima)

RTX 3060 Ti - Logo (Conector de Energia)

RTX 3060 Ti 8GB. Que assim como suas irmãs maiores, vem oferecendo um grande salto de desempenho em relação a geração passada, com um preço bem mais convidativo. $399 dólares, o mesmo preço da RTX 2060 Super. Porém ela é mais rápida que a 2060 Super, mais rápida que a 2070 Super e mesmo em relação a RTX 2080 Super, sim, mais rápida que a última 80, cobrando muito menos que ela, originalmente nos $699. Ou seja, ela bate quase todas as placas da série 20.

RTX 3060 Ti - Placa e Caixa 2

RTX 3060 Ti - Backplate 2

Mas não é só hardware. Como todo lançamento, a NVIDIA traz todo um ecossistema junto. RT Cores recebem a segunda geração, com o dobro da capacidade de processamento para acelerar o Ray Tracing. Tensor Cores, agora na terceira geração, também são mais eficientes em relação as Turing, melhorando recursos como o DLSS, de grande importância para reduzir o impacto de performance do Ray Tracing. Os Shaders também melhoraram, com 2 cálculos por clock versus 1 da Turing. Na parte de software, NVIDIA Reflex para melhorar drasticamente a latência dos jogos, RTX IO para acelerar o loading dos games e aliviar o CPU desta tarefa e o Broadcast, que entre várias funções, usa os Tensor Cores para retirar o fundo de uma cena voltada para Streaming ou o ruído externo do seu ambiente.

RTX 3060 Ti - Placa (Frente)

RTX 3060 Ti - Backplate 1

RTX 3060 Ti - Logo (Conector de Energia) (3)

Olhando para o modelo Founders Edition, fabricado e vendido pela própria NVIDIA em seu site, vale ressaltar que ele não é comercializado ou suportado aqui no Brasil, é fisicamente igual a RTX 3070 em suas dimensões (24.2mm vs 11.2mm / Dual Slot), com um exclusivo layout onde o dissipador da placa é também o corpo da placa, conforme podemos ver pelas aletas que se ajustam entre as duas fans para formarem o design externo, aberto, favorecendo a troca de calor. Uma das fans atuam no Flow Through, onde é feita a passagem do ar por dentro da placa, saindo pela parte de trás. Sua construção é toda em metal e sem dúvidas, a NVIDIA sabe como fazer uma placa caprichada, bordas arredondadas, cores sóbrias no preto e prata. Em cima a logo GeForce RTX e o que eu senti falta foi a famosa iluminação na cor verde presente há muitos anos. O exclusivo conector MicroFit 3.0 de 12 pinos está aqui, onde com um cabo adaptador para 8 pinos que é fornecido com a placa, há a exigência de 200W no total, 20W a menos que a 3070 e 25W a mais que a 2060 Super. Atrás um backplate discreto escrito RTX 3060 Ti.

RTX 3060 Ti - Conexões

RTX 3060 Ti - Conexões (Ângulo)

As saídas incluem um HDMI 2.1 e 3x DP 1.4ª, além de uma grelha para auxiliar na saída de ar.

RTX 3060 Ti - Backplate (Parte Interna)

RTX 3060 Ti - Dissipador (Cima)

RTX 3060 Ti - Dissipador (Lado)

Removendo os diversos parafusos Torx com chave 6 e 8, temos acesso a construção interna. O backplate recebe dois thermalpads que auxiliam na retirada do calor do VRM e de alguns chips de memória. O cooler trás dois cabos Flats muito delicados que devem ser desconectados do PCB, responsáveis pelas fans. Há uma base de cobre no centro que faz o contato completo com a GPU e sobra bastante, 4 heatpipes 6mm pintados em preto e uma baseplate que fica em contato com todos os chips de memória e DrMOS ao longo da mini placa.

RTX 3060 Ti - GPU

RTX 3060 Ti - Placa (Back)

Sim, a placa em si é muito pequena, tão pequena que poderia ser uma Mini ITX, um dos motivos é para deixar a área lateral livre para a passagem do ar. Assim como o cooler, o PCB é praticamente o mesmo da RTX 3070, retirando alguns poucos componentes, que ainda estão nas mesmas posições. A Nvidia costuma usar Shunts para medição de corrente, e lá estão eles nas entradas de energia, junto com indutores para filtragem inicial. São 8 fases para a GPU usando os Dr.MOS AOZ5311 de 50A, suportando picos de 80A em 10ms, tolerância 150 graus. Tem boa resistência térmica de 2.5°C/W e boa eficiência, onde mesmo em overclock com a GPU exigindo cerca de 180A, em paralelo alcançam 92% de eficiência. PWM é o famoso uP9512R que controla todas as 8 fases da GPU. Por sua vez, duas fases para a RAM são controladas pelo uS5650Q, onde são usados Dual Fets Sinopower SM7342EKKP de 42 e 86A, resistência térmica 4°C/W.

RTX 3060 Ti
RX 5700 XT RTX 2060
GPU GA104 Navi 10 TU106
Shaders 4864 2560 1920
RT Cores 38 – – – 30
Tensor Cores 153 – – – 240
TMUs 152 160 120
ROPs 80 64 48
Clock da GPU 1410 / 1665 MHz 1605/ 1905 MHz 1365 / 1680 MHz
Clock da Memória 14000 MHz 14000 MHz 14000 MHz
Tamanho da Memória 8 GB GDDR6 8 GB GDDR6 6 GB GDDR6
Barramento da Memória 256-bit 256-bit 192-bit
Largura de Banda 448 GB/s 448 GB/s 336 GB/s
TDP 200W 225W 160W
Energia 1 x 12-pin 1 x 6-pin + 1 x 8-pin 1 x 8-pin
Preço no lançamento US$ 399 US$ 399 US$ 349

Vemos vários capacitores sólidos na entrada e saída antes da GPU, e por trás vários capacitores de cerâmica e 4 de polímero. A GPU é a GA104 da arquitetura Ampere, a mesma da 3070, fabricada pela Samsung em 8nm com a contagem de 17.4 Bilhões de transistores em uma área de 392mm², significativamente menor que a 3080, contando com 4864 Cuda Cores, 152 TMUs, 80 ROPs. As RAMs são as tradicionais GDDR6 Samsung K4Z80325BC-HC14 rotuladas para 1750 Mhz 1GB cada, totalizando 8GB em 14Ghz efetivos com largura de banda final em 448 GB/s.

 

Testes

Partindo para os testes de Performance, duas resoluções, 1440p e 4K em games modernos, e vocês verão que mesmo para o 4K ela é uma boa placa, embora seu principal alvo seja o 1440p.

 

Assassin’s Creed Valhalla

Jogo da Ubisoft lançado em novembro de 2020, jogo agora se passa durante as invasões Vikings da Grã Bretanha, mostrando mais uma vez cenários deslumbrantes e gameplay com modificações nos combates e ajustes nas mecânicas. Com aprimoramentos e seguindo muito do que já foi mostrado nos últimos dois jogos da franquia. Mais uma vez foi desenvolvido com a engine AnvilNext 2.0.

Assassin’s Creed Valhalla no Preset Muito Alto, 68 quadros em 1440p, 5 acima da 2080 Super e encostado na 3070. Em 4K, as coisas complicam para a placa e ela marca 43 na média, ainda acima dos 30 quadros, a única a fazer 60 foi a 6800 XT nesta configuração.

RTX 3060 Ti - 1 - AC Valhalla 1440p

RTX 3060 Ti - 2 - AC Valhalla 2160p

 

Battlefield V

BF5 é um jogo de tiro em primeira pessoa com foco no multiplayer online, teve seu lançamento no dia 20 de novembro de 2018. Desenvolvido pela EA DICE e Criterion Games, jogo foi um dos primeiros jogos a apresentar tecnologias recentes como Raytracing. Criado com a engine Frostbite 3, e tem suporte ao DirectX 11 e ao DirectX 12.

Battlefield 5 que é mais antigo, de 2018, entrega sólidos 121 FPS no Ultra em 1440p, precisamente o mesmo da 2080 Super, enquanto que em 4K a 3060 Ti se distancia alguns frames, 72 na média.

RTX 3060 Ti - 3 - BF5 1440p

RTX 3060 Ti - 4 - BF5 2160p

 

Microsoft Flight Simulator

Simulador de vôo lançado em 2020, Asobo Studio trouxe um visual espetacular para a franquia simulando todo o planeta Terra com representações tridimensionais, usando diversas técnicas e ferramentas, como Bing Maps e Microsoft Asure.

Flight Simulator a 3060 Ti entrega 66 quadros na média em Alta Qualidade, empatada com a 2080 Super, enquanto curiosamente em 4K perde por dois frames de diferença, ficando ainda em próxima.

RTX 3060 Ti - 5 - Flight Simulator 1440p

RTX 3060 Ti - 6 - Flight Simulator 2160p

 

Horizon Zero Dawn

Jogo que saiu do catálogo de exclusivos do console da Sony, foi lançado para PC em 2020, desenvolvido pela Guerrilla Games. Ambientação de mundo aberto com dinossauros robóticos e cenário pós-apocalíptico muito bem detalhados. Foi desenvolvido na Decima Engine.

Em Horizon Zero Dawn, 1440p Ultra com alguns detalhes no Alto, 99 quadros na média, 11 acima da 2080 Super, confirmando sua superioridade em 4K quase emplacando os 60 quadros, 5 acima da 2080 Super.

RTX 3060 Ti - 7 - Horizon Zero Dawn 1440p

RTX 3060 Ti - 8 - Horizon Zero Dawn 2160p

 

Metro Exodus

Jogo de tiro em primeira pessoa de sobrevivência, foi lançado em fevereiro de 2019. Desenvolvido pela 4A Games, ele é o terceiro título da franquia. Mostrando cenários detalhados e extremamente bonitos, jogo trouxe recursos tecnológicos recentes como Raytracing e DLSS utilizando a API DirectX 12. Criado com a 4A Engine.

Em Metro Exodus 1440p Ultra com gráficos custom, 94 quadros em 1440p e 55 em 4K, em ambas as situações empatada tecnicamente com a 2080 Super.

RTX 3060 Ti - 9 - Metro Exodus 1440p

RTX 3060 Ti - 10 - Metro Exodus 2160p

 

Red Dead Redemption 2

RDR2 desenvolvido pela Rockstar Games, foi lançado em novembro de 2019 para PC (1 ano após o lançamento da versão dos consoles,) sendo um dos jogos mais aguardados pelos jogadores de PC, até mesmo antes da confirmação do jogo para a plataforma, tamanha a empolgação e esperança.  Um dos títulos mais aclamados da geração, ele possui temática e ambientação no velho-Oeste, mostrando cenários deslumbrantes e rico em detalhes, bem como uma narrativa densa. Criado na engine RAGE.

Em Red Dead Redemption 2 DX12 Ultra gráficos do Hardware Unboxed, 81 quadros em 1440p e 56 em 4K, quase nos 60 e bem similar a 2080 Super.

RTX 3060 Ti - 11 - RDR2 1440p

RTX 3060 Ti - 12 - RDR2 2160p

 

Resident Evil 3

Remake do terceiro jogo da aclamada franquia dos jogos de survivor horror da Capcom, RE3 foi lançado em 2020, após o sucesso do também remake, Resident Evil 2. Trazendo incríveis visuais com a RE Engine, e o resultado é um jogo com bastante realismo nas luzes e sombras, para maior imersão.

Em Resident Evil 3 Remake no Ultra 1440p, 150 quadros, 9 a mais que a 2080 Super, 78 em 4K, 5 a mais que ela, ficando no meio entre a 2080 Super e a 3070.

RTX 3060 Ti - 13 - RE3 Remake 1440p

RTX 3060 Ti - 14 - RE3 Remake 2160p

Shadow of the Tomb Raider

Terceiro jogo da franquia após o seu reboot em 2013, jogo foi lançado em setembro de 2018. Desenvolvido pela Eidos Montréal, título apresenta excelentes gráficos e ambientação imersiva. Trazendo recursos recentes como o Raytracing, sendo um dos primeiros a ter suporte à tecnologia. Criado na engine Foundation, e com suporte ao DirectX 12.

Em Shadow of the Tomb Raider no Ultra e DX12, perdeu da 2080 Super por dois frames em 1440p, virando o jogo em 4K com a mínima um pouco melhor.

RTX 3060 Ti - 15 - Shadow Tomb Raider 1440p

RTX 3060 Ti - 16 - Shadow Tomb Raider 2160p

 

The Division 2

Jogo da Ubisoft lançado em março de 2019, com sua ambientação agora em Washington DC., o jogo possui mecânica de RPG de ação e tiro tático em terceira pessoa desenvolvido pela Massive Entertainment na Snowdrop Engine.

Em The Division 2 no Ultra, 79 quadros em 1440p e difíceis 43 no 4K, empate técnico novamente.

RTX 3060 Ti - 17 - The Division 2 1440p

RTX 3060 Ti - 18 - The Division 2 2160p

 

Control

É um jogo de tiro em terceira pessoa desenvolvido pela Remedy Enterteinment, lançado em agosto de 2019. Feito na Northlight Engine, com incríveis efeitos visuais, combate frenético e é um dos jogos para demonstrar tecnologias como o RayTracing e o DLSS.

Quando falamos de Ray Tracing e DLSS, a RTX 3060 Ti mais uma vez fica a frente em Control com gráficos Ultra e Ray Tracing Médio, 54 FPS em 1440p e 87 FPS ativando o DLSS. Em 4K, só é possível ter alguma experiência razoável com essa configuração gráfica habilitando o DLSS, 50 quadros na 3060 Ti, 48 na 2080 Super.

RTX 3060 Ti - 19 - Control 1440p

RTX 3060 Ti - 20 - Control 2160p

 

Watch Dogs Legion

Terceiro Jogo da franquia desenvolvido pela Ubisoft, foi lançado em outubro  de 2020, e o jogo se passa numa Londres futurista, onde você pode controlar inúmeros personagens em um vasto mundo aberto e tecnológico. O motor gráfico usado foi o Disrupt.

Em Watch Dogs Legion no Muito Alto e Ray Tracing médio, 47 quadros em 1440p, pulando para 70 com DLSS, 4 acima da 2080 Super. No 4K, novamente, só o DLSS permite algo acima dos 30 quadros, mas neste caso seria necessário reduzir os gráficos e colocar o DLSS em performance.

RTX 3060 Ti - 21 - WD Legion 1440p

RTX 3060 Ti - 22 - WD Legion 2160p

 

RTX 3060 Ti - 27 - 3DMark DXR

RTX 3060 Ti - 23 - Performance Relativa 1440p

RTX 3060 Ti - 24 - Performance Relativa 2160p

O teste do DirectX RayTracing confirma que a performance em RayTracing é superior, cerca de 18%, graças as melhorias dos RT Cores e outros recursos, enquanto que a performance no geral fica cerca de 3% acima da 2080 Super, 12% abaixo da RTX 3070, ficando no meio termo entre as placas High-end da nova geração e as intermediárias da geração passada. Em 4K o resultado se mantém em 3%, com a 3070 distanciando 15% dela e a 3080, 50%.

 

Temperatura

OK, e sobre a temperatura, esta ideia da NVIDIA é realmente, eficiente?

RTX 3060 Ti - 25 - Progresso da Temperatura

No gráfico eu comparo com a RTX 3070 Founders, para vermos o quão bem dimensionado é o cooler, que é o mesmo para ambas. Vemos que existe uma diferença média de 2 graus entre elas, 71 na 3060 Ti e 73 na 3070, logo existe uma boa margem ainda.

RTX 3060 Ti - Frontal (flir)

RTX 3060 Ti - Cima (flir)

RTX 3060 Ti - Backplate (flir)

Nas imagens térmicas, ponto mais quente em 60 graus nas aletas da parte da frente, 57 na área central. Em cima, 69 próximo a GPU, 60 no dissipador, 51 na carenagem. Na parte de trás, 61 na saída do ar quente, 67 no VRM e demais pontos demarcados.

RTX 3060 Ti - 26 - Progresso da Frequência

O projeto de alimentação e Power Limit é bem ajustado e a GPU permanece 100% do tempo acima do clock base e boost informado, média de 1826 Mhz, 23Mhz a menos que a RTX 3070, tentando sempre que possível subir para a casa dos 1900 Mhz. Liberando o Power Limit para 110%, eu consegui subir a GPU para estáveis 2010 Mhz e RAM 14.8Ghz, mas o aumento de performance fica na casa de poucos %.

 

Conclusão

Como ficou provado nos testes, ela de fato é superior em relação a última placa 80, cobrando 75% menos! É um grande salto para uma placa final 60. E isso, sem depender do Ray Tracing e DLSS, que também melhorou! Mas ela consegue ser melhor também em rasterização, performance bruta. Outro detalhe é na eficiência energética, pois ela vence a 2080 Super consumindo 50W a menos, e isso possibilita que modelos mais simples apareçam, facilita placas ITX entre outras vantagens.

Hoje ela está 16% à frente da RX 5700 XT, lançada nesta faixa de preço dos $400, então ainda não existe uma concorrente de nova geração para ela, espera-se que seja a RX 6700 a cumprir este papel, ainda não divulgada oficialmente. E é fato que o ecossistema da NVIDIA é completo, para games RayTracing de nova geração, o DLSS ajuda muito, e diferenciais como NVENC e Broadcast é um ótimo plus para streamers.

A questão agora é: Terá estoque disponível? Infelizmente, vendo o que tem acontecido, eu acredito que devemos ter os mesmos problemas. E qual será o preço real praticado na escassez?

Trago em breve mais testes com a placa lá no canal, um grande abraço a todos e até mais!