Review Sapphire RX 5700 XT Nitro+ 8GB – Um dos melhores modelos AMD Navi com Excelente Construção!

Lucas Peperaio
04/02/2021
Review

Lançada no ano passado, as GPUs AMD Navi marcaram a história como as primeiras desenvolvidas em 7nm e com suporte a PCI Express 4.0, algo que está se tornando padrão na indústria neste ano. Hoje eu vou analisar um dos melhores modelos disponíveis de RX 5700 XT, a Sapphire RX 5700 XT Nitro+ 8GB Triple Fan, onde farei a tradicional análise da construção interna, testes de temperatura e estabilidade de clock, além da comparação com outras placas do mercado.

 

Overview

O Lineup de placas da AMD hoje está da seguinte maneira: RX 5500 XT 4 e 8GB, placas com foco em 1080p que substituíram as RX 570 e RX 580; RX 5600 XT 6GB com foco em 1080p e 1440p, brigando no segmento da GTX 1660 Ti e RTX 2060, e a linha RX 5700, com a 5700 e 5700 XT, os melhores chips que a AMD oferece hoje, desconsiderando a Radeon VII que foi uma placa para inglês ver.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Placa (Frente - 1)

A RX 5700 XT se destina ao público que busca alta performance nos games atuais, entregando excelente margem para rodar acima dos 60 FPS em 1440p, podendo jogar vários games em 4K também sabendo ajustar os gráficos. Ela é uma concorrente coringa, que briga com ao menos três placas da NVIDIA: RTX 2060 Super, RTX 2070 e RTX 2070 Super.

 

RTX 2060 SUPER RTX 2070 RTX 2070 SUPER RX 5700 XT Sapphire Nitro+
GPU TU106 TU104 TU104 Navi 10
Shaders 2176 2304 2560 2560
TMUs 136 144 160 160
ROPs 64 64 64 64
Clock da GPU 1470 / 1650 MHz 1410 / 1620 MHz 1605 / 1770 MHz 1770 / 2010 MHz
Clock da Memória 14000 MHz 14000 MHz 14000 MHz 14000 MHz
Tamanho da Memória 8 GB GDDR6 8 GB GDDR6 8 GB GDDR6 8 GB GDDR6
Barramento da Memória 256-bit 256-bit 256-bit 256-bit
Largura de Banda 448 GB/s 448 GB/s 448 GB/s 448 GB/s
TDP 160 W 175 W 215 W 225 W
Energia 1 x 8-pin 1 x 8-pin 1x 6-pin + 1x 8-pin 2x 8-pin
Preço no lançamento US$ 399 US$ 499 US$ 499 US$ 440

Ela é equipada com o chip Navi 10, desenvolvido em 7nm pela TSMC com 10.3 Bilhões de transistores. Conta com 2560 Stream processors, 160 TMUs, 64 ROPs, 8GB de RAM GDDR6 256 bits em 14Ghz, resultando em 448 GB/s de vazão. TDP de 225W, consideravelmente melhor que as gerações passadas da AMD graças a nova arquitetura RDNA e sua notória eficiência energética. Por ser um modelo diferenciado, conta com clocks bem elevados na GPU, 1770 Mhz Base, 1905 Mhz Game e 2010 Mhz no Boost.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Placa (Cima - 1)

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Placa (Blackplate - 1)

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Placa (Lateral - 1)

Se você pretende comprar uma Nitro+ para acelerar o seu PC, prepara-se para ter um bom espaço interno. Pois a placa mede incríveis 31cm de comprimento e ocupa 2.5 Slots do seu setup, pesando 1.1KG. A construção externa frontal e superior é de plástico, com o preto predominante e prata em alguns pontos. Porém atrás vemos um belíssimo backplate de metal em branco, com várias furações para que ao mesmo tempo que fornece proteção e reforço, também favorece a entrada de ar no PCB. Ali vemos a logo Nitro+, que conta com iluminação ARGB, sincronizada com uma barra na parte superior e a segunda logo, ficando visíveis na lateral do gabinete.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Header RGB

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Energia

Sapphire RX 5700 XT Nitro - BIOS Switch

Ainda é possível ver um header RGB 12v para sincronizar a placa com o restante do PC. Em cima também vemos os dois conectores obrigatórios de 8 pinos, que permite folga de energia para a placa trabalhar em clocks tão altos (Fonte mínima recomendada 650W). A placa tem sistema Dual BIOS com três posições, onde da esquerda para a direita, é Default, Quiet e Performance.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Placa (Frente - 2)

Por padrão, as três fans da placa não possuem RGB, isso fica exclusivo ao modelo Special Edition. Mas nesta placa eu troquei as fans originais por fans RGB, trata-se de um kit vendido por $29 dólares no exterior. A performance ainda é a mesma, muda apenas o visual. E este é um detalhe muito interessante, pois as fans são removíveis facilmente por um parafuso, facilitando a limpeza e eventual troca. Elas contam com recurso fan stop e a fan central gira em sentido inverso, proporcionando menos turbulência e melhor airflow.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Conexões

Ela conta com 2 saídas HDMI e 2 saídas Display Port.

Construção

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Dissipador - 1

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Dissipador - 2

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Dissipador - 3

Removendo 24 parafusos temos acesso a construção da placa, onde vemos dois blocos de alumínio interligados por 5 extensos heatpipes de 6mm que percorrem além do PCB da placa. Na área da GPU existe uma chapa de cobre adicional que se posiciona em cima dos heatpipes, achatados, que terminam por transferir o calor para todo o conjunto do dissipador. Os DrMOS são cobertos por um dissipador incluso no dissipador principal através de um thermalpad. E cada fan acaba por ter uma tarefa principal. A primeira, resfriar a área da GPU e memória, a segunda é o VRM, e a terceira (a maior parte do dissipador) de forma a auxiliar as outras.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - PCB (Dissipador Secundário)

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Chip

Existe um dissipador secundário + um baseplate instalado no PCB que cobre todos os chips de memória e alguns capacitores de tantalum com thermalpads, e contam com aletas para facilitar o espalhamento do calor. O backplate de metal é um dos mais bonitos que eu já vi.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - PCB - 1

Finalmente o PCB da Sapphire, e mesmo sendo uma das melhores placas da marca, existem espaços vazios para alguns componentes, indicando a possibilidade de futuro reaproveitamento do projeto para um RDNA 2. Na entrada de energia do PCI Express, de ambos os lados, a Sapphire colocou um fusível de proteção, capacitores e um indutor 47nH para filtragem inicial. No plugue de 8 pinos, mais 2 fusíveis em cada conector + dois indutores 56nH, mostrando a preocupação da Sapphire com a proteção. Ainda é possível ver outros fusíveis, como na conexão RGB e nas saídas de vídeo, protegendo a placa contra diversos problemas externos.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Placa (Back)

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Backpate (Desmontado)

No circuito de filtragem vemos 9 capacitores 270uF 16V, uma série de capacitores de cerâmica por baixo e 9 capacitores 821uF 2.5V na saída. Ao todo são 8+2+1 fases na alimentação principal, onde 8 fases alimentam o Vcore da GPU, 1 fase o SoC e 2 fases os chips de memória. O PWM adotado é um IR35217 configurado em 4+1 fases onde as 8 fases para a GPU são alcançadas pelo uso de 4x Doublers IR3599 localizados atrás das fases. Aqui inclusive vemos um thermalpad que ajuda a tirar o calor da intersecção entre os DrMOS e os Indutores por trás do PCB e aproveitando o backplate como um dissipador. Todas as fases usam o OnSemi NCP302155, os mesmos usados na também Red Devil. Eles englobam driver e mosfet com suporte a 60A cada em frequência de chaveamento 500Khz, picos de 85A e tolerância 125 graus.

Com Fsw 500 Khz, tensão de entrada 12V, tensão de saída 1.2V e carga de 120A, este VRM produziria algo em torno dos 14.4W, bastante razoável. Em 170A, próximo do limite da BIOS Silent, 17.2W. E em overclock no ar com carga de 210A, este VRM produziria cerca de 24W, ainda muito tranquilo considerando que existe um dissipador + as fans soprando em cima.

Os 8 chips de RAM são alimentados por duas fases com os mesmos DrMOS, indutor 22nH e capacitores de tantalum na filtragem, PWM NCP81022. São desenvolvidos pela Micron e rotulados como D9WCW com frequência de 14Ghz.

 

Informações dos testes

 

Configuração da bancada de testes

Placa Mãe: GIGABYTE Z370 XP SLI
Processador: Core I7 8700K 4.7 GHz
Memória RAM: HyperX Predator 3000 MHz CL15 2x8GB
VGA: Sapphire RX 5700 XT Nitro+ 8GB
PSU: EVGA 1000G2
SSD: Teamgroup L3 Evo 240GB (SO)
SSD: WD 1TB Blue (Games)
Cooler: CM MasterLiquid Pro 280
SO: Windows 10 64 Home

Bancada de Teste - Intel

 

Testes

Partindo para os testes, considerando o alto desempenho do modelo, vou focar na resolução 1440p, intermediária entre o Full HD e o 4K.

 

Assassin’s Creed Odyssey

Jogo da Ubisoft lançado em 5 de outubro de 2018, com sua ambientação na Grécia Antiga, mostra cenários complexos e exigente para o hardware, um mundo aberto e vasto para explorar inúmeras possibilidade com sua jogabilidade e mecânicas reformuladas dentro da franquia com maior foco no RPG de ação. Criado com a engine AnvilNext 2.0, e a API é DirectX 11.

Em AC Odyssey rodando no Alto e 1440p, a placa entregou excelente performance marcando 78 FPS, empatada com a RTX 2070 Super.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - 1 - AC Odyssey

 

Battlefield V

BF5 é um jogo de tiro em primeira pessoa com foco no multiplayer online, teve seu lançamento no dia 20 de novembro de 2018. Desenvolvido pela EA DICE e Criterion Games, jogo foi um dos primeiros jogos a apresentar tecnologias recentes como Raytracing. Criado com a engine Frostbite 3, e tem suporte ao DirectX 11 e ao DirectX 12.

Em BF5, jogo onde nitidamente as placas AMD se destacam, apresenta a mesma performance da RTX 2080 Super, placa muito mais cara.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - 2 - BF5

GTA 5

GTA 5 que foi lançado em abril de 2015, um dos jogos mais aguardados para PC dos últimos anos e sucesso de crítica e premiações. Entre promessas e muitos adiamentos – já que ele foi lançado antes nos consoles – chega ao PC com gráficos ainda mais bonitos. Desenvolvido pela Rockstar Games, ainda hoje é um dos jogos mais jogados da atual geração. Criado na engine RAGE.

Em jogos mais antigos como GTA 5, porém, há uma clara vantagem aos chips Nvidia, onde mesmo uma RTX 2070 entrega pouco mais desempenho que ela.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - 3 - GTA 5

 

Red Dead Redemption 2

RDR2 desenvolvido pela Rockstar Games, foi lançado em novembro de 2019 para PC (1 ano após o lançamento da versão dos consoles,) sendo um dos jogos mais aguardados pelos jogadores de PC, até mesmo antes da confirmação do jogo para a plataforma, tamanha a empolgação e esperança.  Um dos títulos mais aclamados da geração, ele possui temática e ambientação no velho-Oeste, mostrando cenários deslumbrantes e rico em detalhes, bem como uma narrativa densa. Criado na engine RAGE.

Em Red Dead Redemption em St. Denis, 81 FPS com gráficos bem pesados, se posicionando entre a 2070 Super e 2080 Super.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - 4 - RDR2

 

Metro Exodus

Jogo de tiro em primeira pessoa de sobrevivência, foi lançado em fevereiro de 2019. Desenvolvido pela 4A Games, ele é o terceiro título da franquia. Mostrando cenários detalhados e extremamente bonitos, jogo trouxe recursos tecnológicos recentes como Raytracing e DLSS utilizando a API DirectX 12. Criado com a 4A Engine.

Em Metro Exodus no Ultra e 1440p, 101 FPS, mostrando que tem margem para rodar no 4K.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - 5 - Metro Exodus

 

Shadow of the Tomb Raider

Terceiro jogo da franquia após o seu reboot em 2013, jogo foi lançado em setembro de 2018. Desenvolvido pela Eidos Montréal, título apresenta excelentes gráficos e ambientação imersiva. Trazendo recursos recentes como o Raytracing, sendo um dos primeiros a ter suporte à tecnologia. Criado na engine Foundation, e com suporte ao DirectX 12.

Em SOTTR, 81 FPS na média praticamente empatada com a RTX 2070, e inferior a RTX 2080 Super na média e na mínima.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - 6 - SOTTR

 

The Witcher 3: The Wild Hunt

The Witcher 3 foi desenvolvido pela CD Project Red, sendo lançado em maio de 2015. Considerado como um dos maiores títulos de RPG de ação da história dos games. Ambientado em um vasto mundo aberto recheado de missões secundárias e com uma narrativa densa, jogo é baseado na série de livros do escritor polonês Andrzej Sapkowski, sendo o terceiro título da franquia. Criado na REDengine 3, com suporte ao DirectX 11.

Por fim em Witcher 3 em Novigrad, 87 FPS na média rodando no Ultra e 1440p, pouco abaixo da RTX 2070 Super.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - 7 - Witcher 3

 

Temperatura

E por se tratar de um modelo Premium da Sapphire, esperamos temperaturas diferenciadas, já que a performance prática em relação a um modelo comum é bem similar.

Sapphire RX 5700 XT - 9 - Progresso da Temperatura

Sapphire RX 5700 XT - 10 - Progresso da Fan

Rodando o 3DMark TimeSpy Extreme Stress por 30 minutos em temperatura ambiente 32 graus, percebemos que não há diferença significativa de temperatura entre a placa na BIOS Default e BIOS Silent, máximo de 72 graus em ambas o que é excelente para um chip deste porte. VRM e RAM permanecem em ótimas temperaturas.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Frente (flir)

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Cima (flir)

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Backplate (flir)

Nas imagens térmicas, vendo pela frente não há nenhuma surpresa, pico de 55 graus. Por cima, pico de 70 graus próximos aos módulos de memória e por trás no backplate, 73 graus na área da GPU e 60 nos módulos de memória.

 

Teste de Frequências

 

Sapphire RX 5700 XT - 8 - Progresso da Frequência

O motivo pelo qual a placa ficou mais silenciosa no modo Silent e ainda assim não esquentou mais, é porque a frequência da GPU é levemente reduzida, onde a média fica em 1817Mhz versus 1893 Mhz do modo Default. Observe que este é um teste de stress absoluto e em game, a placa normalmente trabalha no boost clock acima dos 2000 Mhz, podendo variar para baixo como vimos aqui.

Sapphire RX 5700 XT Nitro -11 - 3DMark TimeSpy

E mesmo com um clock tão alto neste modelo, um dos maiores nas 5700 XT, foi possível puxar a GPU um pouco mais acima, colocando o clock dela na casa dos 2065 Mhz e RAM a 15.2 Ghz, que em benchmarks sintéticos resultam em uma pequena diferença prática na performance.

 

Conclusão

Esta é uma placa para quem busca uma construção diferenciada além do básico, e naturalmente custa mais que os modelos mais simples da 5700 XT, o que chega a representar uma diferença de R$ 400, R$ 500, e por este motivo normalmente as pessoas optam, e sabiamente, por modelos com construção mais simples, tal como a Pulse da Sapphire que eu já analisei no aqui no site e no canal, que ainda oferecem uma boa performance custando bem menos.

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Placa e Caixa - 1

Sapphire RX 5700 XT Nitro - Placa e Caixa - 2

Mas, existe públicos que preferem pagar por algo mais premium, e certamente esta é uma forte candidata para quem busca uma excelente performance em 1440p e até mesmo com alguma margem para 4K60, sabendo ajustar os gráficos.

No atual momento, tudo está muito caro e não dá para levar em consideração os preços dos produtos. Minha sugestão é aproveitar promoções esporádicas, como hoje na data 08/05, eu encontrei exatamente este modelo por R$ 2549, que era o preço normal desta placa com o dólar antigo em dezembro de 2019. Caso você esteja vendo este lendo esse artigo no futuro e as coisas já se normalizaram, comenta aqui, por quanto você encontrou este tipo de placa.

Em relação as concorrentes, é um fato que as Navi ficarão obsoletas mais rápidas pelo fato de não terem aceleração para Ray Tracing via Hardware, algo que é visto apenas nas placas NVIDIA RTX e nas próximas Navi de segunda geração, já presentes nos próximos consoles. Em contrapartida, ela apresenta uma performance parelha a uma RTX 2070 Super, que custa mais.

Nos meus testes eu identifiquei um ruído na fan central da placa, e mesmo removendo e passando um óleo, não resolveu. Estou reportando isto no vídeo pois eu não sei se acontece com todas as placas, então peço que comente caso você tenha uma placa desta.