Review: SSD Intel 750 Series PCIe 400 GB NVMe + comparação HyperX Predator PCIe 480 GB)

Lucas Peperaio
29/08/2015
Review

Há uns dias atrás eu fiz a revisão do SSD HyperX Predator PCie e havia mencionado o 750 Series como um concorrente, apesar de usarem tecnologias diferentes, os preços e a capacidade de armazenamento são parecidos. Pois bem, hoje nós vamos fazer o review do Intel 750 series PCie 400 GB e compará-lo com o Predator em vários pontos, performance, custo por GB, prós e contras de cada produto e etc.

Os benefícios que os SSD trazem para o usuário comum e entusiasta são inegáveis, ele reduz muito o tempo de carregamento do Windows, dos programas e dos jogos se compararmos com um HD tradicional. Falando em números, um HD tradicional costuma ter em média uma leitura e escrita sequencial entre 100 e 170 MB/s, enquanto que um SSD comum SATA 3 fornece em média 550 MB/s, um salto já muito grande.

Mas existem usuários entusiastas e workstations que precisam de alta performance em diversas situações, e temos aqui mais uma opção para esses usuários, o SSD Intel 750 Series PCIe 3.0 NVMe. Ele entrega velocidades realmente impressionantes, 2200 MB/s de leitura sequencial e 900 MB/s de escrita sequencial nesse modelo de 400 GB, muito além dos SSDs e HDs tradicionais.

Review SSD Intel 750 series PCie 3.0 400 GB NVMe - Apresentacao

Porém, não adianta termos um hardware extremamente rápido se o software estiver sendo uma limitação.

O SSD PCIe fornece uma largura de banda incrivelmente alta, mas é preciso desenvolver uma interface que acompanhe esta evolução, e que seja otimizada para esses tipos de SSDs. Até então a interface mais utilizada era a AHCI, que foi projetada em 2004 com os HDs em mente, portanto é otimizada para este tipo de disco.

A fim de obter o máximo de aproveitamento dos SSDs PCIe, foi criado o NVMe (NVM Express), uma interface que oferece uma performance superior em relação ao AHCI, como o melhor aproveitamento dos núcleos do processador e a baixa latência, que por sua vez traz um melhor aproveitamento da bateria. Como o SSD passa a ser acessado mais rapidamente, o tempo que ele ficará em uso é menor, aumentando o tempo de inativamente do SSD.

NVM Express

Mas nem tudo são rosas…

O NVM Express não é compatível com todas as placas-mãe, é preciso que o usuário verifique o suporte ao NVMe com o fabricante antes de adquirir o produto. Os fabricantes estão trazendo o suporte nativo para as placas com chipset X99 e Z170, enquanto outros estão liberando updates de BIOS para as placas com chipset Z97 e H97 para que os SSDs NVMe funcionem adequadamente. Não ficou claro se as placas-mãe mais antigas terão algum dia o suporte ao NVMe.

O 750 Series pode ser encontrado no mercado nas versões de 400 GB e 1.2 TB, este que nós estamos analisando é a versão de 400 GB, com a leitura e escrita um pouco mais baixa que a versão de 1.2 TB. Podemos encontrar estes SSDs na versão com esta placa para usarmos em slots PCIe ou no formato de 2,5 polegadas, para ser conectado em uma porta U.2. O SSD Intel 750 series PCIe 400 GB custa aproximadamente US$ 389, e aqui no Brasil, R$ 2299.

Vamos dar uma olhada mais de perto no SSD.

Página 1 de 41234
nenhum comentário