Teste em jogos GTX 980 referência: Assassin’s Creed Unity, Call of Duty Advanced Warfare, Tomb Raider, Battlefield 4, Crysis 3 e Far Cry 4

Lucas Peperaio
02/02/2015
Testes

Bem-vindo novamente ao site Peperaio Hardware. Sou o Lucas Peperaio, e no artigo de hoje daremos continuidade ao review da placa de vídeo Nvidia GeForce GTX 980, com 6 testes completos em jogos. Durante o vídeo, comentamos sobre os detalhes individuais, drivers, settings usadas e otimizações para cada jogo.

Confira abaixo o teste em jogos da GeForce GTX 980 referência ou assista no youtube:

 

Assassin’s Creed Unity

O primeiro teste será no jogo Assassin’s Creed Unity, que foi lançado recentemente pela Ubisoft. Na tela temos as tradicionais informações do RivaTunnerStatisticsServer e Hwinfo64, que inclusive já tem tutorial sobre isso no canal. Na primeira linha temos os FPS, na segunda as informações da GTX 980, clock, temperatura, porcentagem de uso e uso de memória de vídeo. E na terceira linha não menos importante, temos o processador 3770k, clock, temperatura e uso.

GTX 980 referência Assassin's Creed Unity Ultra 1080p

As configurações estão setadas como de costume em 1920x1080p, qualidade gráfica no preset Extremamente alto, ou Ultra High como preferirem. E ai estão as configurações avançadas, que são setadas automaticamente de acordo com o preset escolhido. Observem que o Anti Aliasing é setado no MSAA4x, onde a qualidade fica muito boa, porém ele é bem pesado. Depois eu vou fazer um comparativo entre tipos de Anti Aliasing.

GTX 980 referência Assassin's Creed Unity Ultra 1080p - Qualidade gráfica

Bom, o jogo está rodando em uma média de 40 FPS, de repente você fala assim, ah Lucas mas 40 FPS no Ultra é pouco, basta você reduzir o Anti Aliasing e seus FPS vão lá pra cima. O Clock da GPU se mantém em 1240 Mhz, e novamente explicando esse detalhe, o clock base da GPU é 1123 Mhz, mas se ela está fria e dentro dos limites, a placa irá subir automaticamente. Este é o GPU Boost 2.0, uma das tecnologias da Nvidia.

A temperatura está na casa dos 71º, é importante ressaltar que eu ativei o perfil de fan padrão do msi afterburner, que sincroniza a temperatura com a porcentagem de rotação da fan. Ou seja, 71º, 71% de velocidade das fans. Uso de GPU está estável em 98% e uso de memória na faixa dos 3700 MB, pra jogar nessa qualidade é importante ter uma placa com 4 GB de memória, que é o caso da GTX 980.

Neste jogo em especial a placa permanece fria, mas em alguns jogos ao chegar em 80º, vocês podem notar que o clock da GPU cai para manter a temperatura.

 

Call of Duty Advanced Warfare

O segundo jogo que nós vamos testar é o Call of Duty Advanced Warfare, também recém-lançado. Estou na primeira missão da campanha, e vocês estão vendo as settings do jogo: 1920×1080, as texturas, filtros e Anti-Aliasing no máximo, com a exceção do super sampling que está em 2X.

GTX 980 referência Call of Duty Advanced Warfare Ultra 1080p - Settings

GTX 980 referencia Call of Duty Advanced Warfare Ultra 1080p - SettingsOs FPS se mantém em uma média muito boa, variando de 70 a 105, temperatura da GPU razoável em 76º, uso de GPU constante na maior parte do tempo em 98%, variando as vezes para 92% e uso de memória elevado, em 3600 MB. Claro que, estamos com as texturas no máximo, todos os filtros ativados, isso aumenta muito o consumo de memória de vídeo.

GTX 980 referência Call of Duty Advanced Warfare Ultra 1080p

Bom, mesmo com o MSAA4x, a GTX 980 está se comportando muito bem no jogo, quem assistiu os testes com a GTX 970 G1 Gaming pode observar a diferença de performance entre elas. Inevitavelmente eu vou acabar comparando o desempenho com a GTX 970, porém, é preciso destacar uma informação muito importante. A GTX 970 que eu testei é a Gigabyte G1 Gaming, que é um modelo diferenciado com overclock de fábrica, inclusive um dos maiores entre as 970, e é uma placa mais fria. A temperatura aqui é muito importante, pois quando a placa passa do limite de 80ºC neste caso, ocorre o throttling, onde o clock é reduzido para manter a temperatura no limite estabelecido. Como a GTX 970 G1 Gaming tem um sistema de refrigeração melhor, ela pode rodar por mais tempo com o Boost mais alto, portanto isso acaba influenciando na performance. Então eu farei a comparação com a 970, porém, é importante deixar essas diferenças entre as placas bem claras pra vocês.

 

Tomb Raider 2013

Agora vamos fazer o teste de benchmark fixo do jogo Tomb Raider, que foi lançado em 2013, porém ainda é um jogo pesado para as placas atuais e muito utilizado nos reviews de todo o mundo. O Benchmark fixo será rodado em 1920×1080, 60Hz, Vsync off, tela cheia e no preset Ultimate. É importante frisar que é possível deixar o jogo ainda mais pesado mexendo nas configurações avançadas manualmente, porém, eu optei por rodar no Ultimate pois é um preset que muitas pessoas rodam, consequentemente temos uma base maior de comparação.

GTX 980 referência Tomb Raider 2013 benchmark - Settings

Outro detalhe, todos os testes estão sendo gravados com o Shadowplay da Nvidia na qualidade alta e em 60 FPS. Existe uma pequena queda de performance, tipicamente 5%, conforme nos informa o site Geforce.com. Então o desempenho real será um pouco maior do que está sendo apresentado aqui.

Bom, o jogo está rodando com um FPS bem alto, GPU em 99%, uso de memória de vídeo razoavelmente baixo (embora em certas partes do jogo ele fica bem maior do que está aqui). E a temperatura da GPU, observem que ao chegar em 80º, que é a temperatura limite para o Boost, o clock reduzirá automaticamente, conforme já foi explicado. Você pode alterar esse limite no MSI Afterburner por exemplo, a opção Temp Limit; assim a placa continua com o boost alto e a temperatura da mesma forma continuará subindo.

 

GTX 980 referência Tomb Raider 2013 benchmark - Score

Comparando com a GTX 970 G1 Gaming, temos os FPS mínimos praticamente iguais, os FPS máximos 24% maiores e os FPS médios 20% maiores. Ótimo desempenho da GTX 980 neste jogo.

 

Battefield 4

Agora vamos testar a GTX 980 no jogo Battefield 4, no modo Multiplayer. Faremos dois testes, primeiro no mapa Ferrovia Golmud, com aproximadamente 50 jogadores simultâneos e depois num dos mapas mais pesados do jogo, o Tormenta em Paracel no momento de chuva. As settings do jogo são as padrões, 1080p, 60Hz, campo de visão em 70%, redimensionar resolução em 100% e qualidade geral dos gráficos no Ultra. Nos dois mapas serão rodadas com as mesmas settings.

GTX 980 referência Battefield 4 - Settings

Neste momento eu já estava com aproximadamente 20 minutos de gameplay, e a temperatura da GPU já um pouco elevada, porém ainda dentro do limite aceitável. Os FPS na maior parte do tempo se mantém acima dos 100, o que é um valor muito bom, se considerarmos que eu estou rodando em um mapa grande e nesta qualidade.

GTX 980 referência Battefield 4 - Ultra 1080p

Uso de GPU varia entre 95 e 98%, uso de memória de vídeo em aproximadamente 2300 MB e um detalhe importante, uso de processador mais elevado que nos últimos três testes, chegando a usar 65%, mesmo sendo um I7 e em 4.5 Ghz. O Battlefield 4 é exigente quanto ao processador, por isso é importante pensar não só na placa de vídeo, mas também em um processador forte que possa levar sua configuração sem problemas de performance.

GTX 980 referência Battefield 4 - Paracel Storm

No segundo mapa, temos uma visão aérea, muitas explosões, chuva intensa, mapa aberto, 60 jogadores simultâneos e batalhas ocorrendo em todos os lugares, então é um momento bacana pra demonstrar todo o poder da GTX 980. O jogo se mantém acima dos 60 FPS o tempo todo sem quedas abaixo disso, ficando na média dos 70 a 80 FPS.

 

Crysis 3

Agora vamos fazer o teste em um dos jogos mais pesados da atualidade, Crysis 3 no modo campanha. Serão feitos dois testes, no primeiro mapa do jogo, que é este que vocês estão vendo, com chuva intensa e cenas muitas realistas, e o segundo teste no segundo mapa do jogo, a floresta. Observem o FPS, temos entre 32 e 36 FPS aproximadamente, se compararmos o teste da GTX 970 no mesmo mapa e nos mesmos lugares, temos cerca de 16% de performance a mais com a GTX 980.

GTX 980 referência Crysis 3 - Gameplay Very High MSAA8X

E as settings claro, tudo no máximo, 1920×1080, tela cheia, texturas e settings gerais no Very High, além do Anti-Aliasing MSAA8X, o mais pesado.

GTX 980 referência Crysis 3 - Settings

Bom, a placa de vídeo está relativamente fria, o jogo tinha acabado de ser aberto. Conforme for passando o tempo ela vai subindo até aproximadamente 76º, que é o ponto onde ela estabiliza. Temos o uso de GPU constante em 99% sem quedas, uso de memória em aproximadamente 1700 MB e uso de processador relativamente baixo, por volta de 25%.

GTX 980 referência Crysis 3 - Segundo mapa

No segundo mapa, as settings do jogo permanecem as mesmas, com o MSAA8x e Very High. Notem que a GPU estabilizou em seus 76º e o uso de memória de vídeo (que é variável) aumentou para 2 GB. Um detalhe que pode passar despercebido é o uso de processador, o dobro do primeiro mapa, chegando a picos de quase 80%.

 

Far Cry 4

Vamos agora para o último teste em jogos, Far Cry 4, outro jogo recém-lançado e um dos mais comentados e pesados do momento. E já começando num momento de ação do jogo em meio a floresta, observem o desempenho da placa, muito satisfatório, cerca de 70 FPS.

GTX 980 referência Far Cry 4 - Gameplay Ultra 1080p

As settings do jogo são as padrões, FULL HD, 60Hz, qualidade gráfica no Ultra, que seta o Anti-Aliasing no SMAA.

GTX 980 referência Far Cry 4 - Settings

Eu já estava com 30 minutos de jogo, portanto a temperatura da GPU já estava um pouco elevada. O boost típico da GPU fica na média de 1240 MHz sem quedas significativas, já que ainda não chegou ao limite de temperatura; e uso de memória de vídeo bem alto, cerca de 3200 MB, então não é qualquer placa que roda esse jogo com essa qualidade.

Assine o canal: https://www.youtube.com/user/PeperaioHardwareBR/
Curta a fanpage: https://www.facebook.com/PeperaioHardwareBR

nenhum comentário