Teste: Impacto na performance com o ShadowPlay e Afterburner em gravações – Tomb Raider, Shadow of Mordor e Unigine Heaven

Lucas Peperaio
27/02/2015
Testes

Seja bem-vindo novamente ao site Peperaio Hardware. Faremos hoje mais um artigo com vídeo, dessa vez, um teste comparativo mostrando o impacto na performance quando usamos o Nvidia ShadowPlay ou o MSI Afterburner para gravações de jogos ou benchmarks, nos jogos Tomb Raider e Shadow of Mordor, além do Benchmark Unigine Heaven 4.0.

Aqui está o vídeo completo com todas os testes, ao longo do vídeo comento vários detalhes adicionais:

Gostou do vídeo? Inscreva-se lá no canal para não perder as novidades. Vamos ao artigo complementar:

Antes de mais nada, as settings que foram usadas nos dois programas, ShadowPlay e MSI Afterburner. No ShadowPlay, foi setado as opções que vem por padrão, gravação em qualidade alta, resolução nativa do jogo e 50Mbps. No Afterburner, foi alterado o tamanho do frame para full frame e a taxa de FPS para 60.

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravações - Settings

 

Tomb Raider

Vamos começar com o benchmark fixo do jogo Tomb Raider. Os três testes estão rodando com o preset de qualidade Ultimate e na resolução Full HD. Lado a lado temos os dois testes, a gravação com o Afterburner e a gravação com ShadowPlay. Podemos notar três grandes diferenças entre os testes: A primeira, é que o teste com o Afterburner está com um pouco menos desempenho que o ShadowPlay, porém, a qualidade visual do Afterburner parece um pouco melhor; se vocês observarem bem, é algo relacionado ao contraste, brilho, enfim. E o último detalhe muito importante que não pode passar despercebido, é o menor uso de processador no ShadowPlay, neste exemplo 15% a menos de uso. Isso pode ser um grande diferencial em jogos que exijam muito do processador, nesse caso o ShadowPlay deve ter ainda mais performance em relação ao Afterburner.

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravacoes - Tomb Raider Ultimate

Temos então no teste do Afterburner 68 FPS mínimos, 116 na máxima e 92,2 na média. Já no teste do ShadowPlay, temos um desempenho levemente superior, 73,9 FPS mínimos, 122,6 FPS na máxima e 95,8 FPS na média. Um desempenho variando de 3 a 6 FPS a mais no ShadowPlay.

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravacoes - Tomb Raider Ultimate FPS resultado

Agora o mesmo teste do Tomb Raider, mas dessa vez apenas um print, ou seja, um teste que não foi gravado com nenhum dos dois programas. Assim podemos ter uma base do quanto o Afterburner e o ShadowPlay impactam na performance quando você está usando estes programas para gravações.

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravacoes - Tomb Raider Ultimate sem gravação

Temos os FPS mínimos em 73,8, o máximo em 126,5 e a média 96,6. Portanto o impacto na performance foi muito pequeno, se considerarmos as médias por exemplo, o Aferburner reduziu a performance em 4,77%, e o Shadowplay em 0,83%. É importante destacar que em certos momentos nas gravações com Afterburner, era possível notar algumas “travadinhas”, que são prejudiciais ao gameplay. Saliento que as gravações estavam sendo feitas em um SSD separado do local da instalação dos jogos, para que não haja limitações de disco.

 

Shadow of Mordor

Nos mesmos moldes do teste no Tomb Raider, teremos também um teste lado a lado no jogo Middle Earth: Shadow of Mordor. O preset escolhido foi o Ultra, e a resolução padrão Full HD. Observe que novamente temos as mesmas diferenças do teste no Tomb Raider, melhor desempenho no ShadowPlay, mais uso de processador no Afterburner e entre os dois testes, uma diferença visual relacionada ao contraste e/ou brilho, conforme pode ser visto abaixo:

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravações - Shadow of Mordor Ultra diferenças

Temos então no teste do Afteburner 24,72 FPS mínimos, 343,42 FPS na máxima e 83,64 FPS na média. Já no teste gravado com o ShadowPlay, temos novamente uma performance um pouco superior, mínimo 27,33 FPS, máximo 505,78 (desconsiderem valores altíssimos como esses, pois variam a cada rodada) e média de 85,48. Considerando a média, 2 FPS a mais no teste do ShadowPlay.

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravações - Shadow of Mordor Ultra resultado

Novamente, o mesmo teste do Shadow of Mordor, mas dessa vez apenas um print, sem interferências de performance dos dois programas. Podemos ver que novamente, o impacto na performance tanto do ShadowPlay quanto do Afterburner foram mínimos, em média 3 FPS. O Afterburner reduziu a performance em 6%, a o ShadowPlay em 3,7%.

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravacoes - Shadow of Mordor Ultra sem gravacao

 

Unigine Heaven 4.0

Para não ficarmos apenas em jogos, nada melhor que um teste em um conceituado benchmark, o Heaven 4.0. A opção padrão dele não seta tudo em máxima qualidade, por esse motivo, o teste foi rodado em Custom (DX11, Tesselation Extreme, Full HD, tela cheia e qualidade Ultra). Novamente temos uma qualidade visual nitidamente diferente, e um maior uso de CPU no Afterburner. Porém, dessa vez o teste no Afterburner ficou levemente superior ao ShadowPlay.

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravacoes - Unigine Heaven Ultra

Temos então no teste gravado pelo Afterburner 19.1 FPS mínimos, 113.2 FPS na máxima e 54 FPS na média. Conforme falado anteriormente, um resultado levemente inferior no teste do ShadowPlay, 18.6 FPS mínimos, 112.7 FPS na máxima e 53.6 FPS na média. Compreendemos que existem variações naturais a cada rodada que pode influenciar os resultados, portanto nem podemos considerar uma diferença entre 54 e 53.6 FPS, afinal, são 0.4 FPS. Empate técnico.

Impacto na performance do ShadowPlay e Afterburner em gravacoes - Unigine Heaven Ultra resultado

 

Conclusão

Após 3 testes, sendo 2 jogos e um benchmark, chegamos a conclusão que o impacto na performance de ambos os softwares são muito pequenos, e entre eles, o ShadowPlay tem uma pequena vantagem. Notamos também nos três testes uma diferença visual nítida entre os testes, particularmente eu prefiro a imagem do MSI Afterburner. Vejamos a tabela final

Tabela comparativa ShadowPlay e Afterburner - Impacto

 

Como podemos observar, o impacto varia de 3,7 a 6% no MSI Afterburner, e de 0,83 a 4,47% no ShadowPlay.

Espero que tenham gostado!
Grande abraço

Assine o canal: https://www.youtube.com/user/PeperaioHardwareBR/
Curta a fanpage: https://www.facebook.com/PeperaioHardwareBR

1 comentário