Teste em jogos GTX 980 Ti Stock vs Overclock: GTA V, Dying Light, Shadow of Mordor, Far Cry 4, Crysis 3, BF4, The Witcher 3 e Tomb Raider

Lucas Peperaio
03/06/2015
Testes

Olá a todos, sejam todos bem-vindos ao site Peperaio Hardware. Sou o Lucas Peperaio, e hoje vamos testar a recém-lançada GeForce GTX 980 Ti stock e overclock em 8 jogos, na resolução 4K e com a qualidade mais alta possível. Ao final do teste, um comparativo com a TITAN X.

Vídeo no youtube:

Agora vamos ao artigo escrito:

Observações iniciais

  • Não fizemos nenhuma alteração na curva de fan, vocês verão o desempenho da placa exatamente como ela vem de fábrica;
  • Todos os testes foram gravados com o ShadowPlay da Nvidia em 4K e 60 FPS, as imagens originais podem ser conferidas abaixo, e os vídeos logo acima;
  • O FPS mínimo, médio e máximo de cada teste foi obtido com o FRAPS.

 

Far Cry 4

Vamos fazer os testes na mesma sequência da TITAN X, então, vamos começar com o Far Cry 4. Antes de mais nada, é importante destacar que os testes em 4K foram feitos com a tecnologia Nvidia DSR (Dynamic Super Resolution). Com o DSR, a GPU renderiza o jogo em 4K da mesma forma que faria em um monitor com essa resolução nativa. Em altas resoluções como 4K, os serrilhados já ficam suaves, devido a quantidade de pixels a mais na tela (4x mais que Full HD), então em alguns jogos os filtros de AA foram desativados. Porém, para seguir padrões de testes internacionais, utilizamos Presets em alguns jogos (como o Far Cry 4), portanto o Anti Aliasing é configurado de acordo com ele (default).

GTX 980 Ti 4K - Far Cry 4 Ultra

E seguindo o padrão dos testes com a TITAN X, o objetivo aqui é SEMPRE buscar a máxima performance com as configurações mais altas possíveis; o Far Cry 4 por exemplo, está sendo rodado no Ultra e 4K, e mesmo nessas condições extremas, a GTX 980 Ti se sai muito bem no jogo. Em stock a placa processou 34 FPS na média, 30 na mínima e 39 na máxima; enquanto que em overclock, com a GPU acima dos 1400 Mhz, o desempenho subiu incríveis 26% se considerarmos a média, que mantém os FPS acima dos 40. São 37 FPS mínimos, 50 na máxima e 43 na média.

GTX 980 Ti 4K - Far Cry 4 Ultra settings

GTX 980 Ti 4K - Far Cry 4 Ultra - Stock GTX 980 Ti 4K - Far Cry 4 Ultra - Overclock

A temperatura da GPU em stock fica no limite pré-estabelecido de 83º, e em overclock esse limite foi alterado para 87º, portanto, é a temperatura máxima que a placa vai chegar nos testes. Um detalhe importante, como de costume o perfil de fan não foi alterado em nenhum dos testes, nem em stock, nem em overclock. Vocês estão vendo o desempenho térmico da placa exatamente da forma que ela vem de fábrica. Eventualmente você pode fazer ajustes na fan, e assim, ter uma temperatura mais baixa, e consequentemente, mais performance; pois conforme já foi explicado em outros artigos, quando a placa chega no limite de temperatura, ela irá reduzir o clock para se manter naquele limite. Portanto placas mais frias representam placas mais rápidas.

 

Crysis 3

Vamos agora fazer o teste na primeira e segunda missão do jogo Crysis 3, rodando em 4K e com as configurações no Very High, aliviando apenas no Anti Aliasing (que está no FXAA). Estas são as mesmas configurações que foram rodadas na TITAN X. E assim como sua irmã maior, a GTX 980 Ti mantém os FPS na média dos 22, valor muito baixo, então não foi dessa vez que uma única GPU consegue processar essa cena com o mínimo de 30 FPS.

GTX 980 Ti 4K - Crysis 3 Very High

Com overclock as coisas melhoram um pouco, a média dos FPS sobe 27%, mas ainda assim o desempenho é bem baixo. Temos em stock 19 FPS mínimos, 27 na máxima e 22 na média. Em overclock, 25 FPS mínimos, 32 na máxima e 28 na média.

GTX 980 Ti 4K - Crysis 3 Very High settings

GTX 980 Ti 4K - Crysis 3 Very High - Stock GTX 980 Ti 4K - Crysis 3 Very High - Overclock

Na segunda missão do jogo o desempenho fica um pouco melhor, em stock a placa segura os FPS próximos dos 30, mas ainda é um valor baixo. E uma curiosidade, não só nesse teste do Crysis, mas nos outros testes também. Se vocês compararem com o teste da TITAN X, a 980 Ti fica entre 50 e 70 Mhz mais forte em stock quando a GPU chega no limite de 83º, sendo que o clock base e o boost das duas GPUs são iguais. E a explicação disso é bem simples. Como a 980 Ti tem dois SMs desativados em relação a TITAN X, a GPU tem um consumo e um aquecimento ligeiramente menor, e isso faz com que ela tenha mais folga para trabalhar num clock maior dentro do limite de potência e temperatura (power budget). Essa característica da GPU acaba diminuindo a diferença dela em relação a TITAN X.

GTX 980 Ti 4K - Crysis 3 Very High - Stock 2ª missao GTX 980 Ti 4K - Crysis 3 Very High - Overclock 2ª missao

Na segunda missão do Crysis 3, a GTX 980 Ti processou 23 FPS mínimos, 32 na máxima e 27 na média. Em overclock, aumento nos três valores, mínimo 31, máximo 40 e 35 na média.

 

Tomb Raider

Vamos rodar o benchmark fixo do game Tomb Raider, na resolução 4K, 60 Hz, vsync off, tela cheia e com a qualidade geral no Ultimate. Conforme explicamos em artigos anteriores, em jogos com benchmark fixo o teste será rodado em stock e overclock simultaneamente, lado a lado. E o objetivo aqui é buscar o máximo de FPS possíveis, pelo menos 30, e com as configurações no máximo ou com quase tudo no máximo.

GTX 980 Ti 4K - Tomb Raider Ultimate

Em stock, a 980 Ti consegue manter uma média razoável, entre 35 e 40 FPS. Enquanto que em overclock, temos um aumento de aproximadamente 10 FPS, que aproxima o desempenho do sonho dos gamers, 60 FPS em 4k. Hoje, para uma única GPU mesmo overclockada, é muito difícil manter 60 FPS com folga em 4k e com tudo no máximo, pelo menos nesses jogos testados.

GTX 980 Ti 4K - Tomb Raider Ultimate settings GTX 980 Ti 4K - Tomb Raider Ultimate - Stock vs Overclock

Chegamos ao fim do benchmark. Em stock, a 980ti fez 32 FPS mínimos, 46 na máxima e 41 na média, praticamente o mesmo resultado da TITAN X. Em overclock, 21% a mais se considerarmos a média, são 38 FPS mínimos, 62 na máxima e 50 FPS na média.

 

Shadow of Mordor

Mais um benchmark, agora do game Shadow of Mordor. Novamente, rodamos nas mesmas configurações do teste da TITAN X, ou seja, resolução 4k, qualidade geral no Ultra, e com as opções profundidade de campo, transparência independente da ordem e tesselação ativas.

GTX 980 Ti 4K - Shadow of Mordor Ultra

Esse é um benchmark bem rápido, mas que já dá para termos uma noção de como será o desempenho durante o jogo propriamente dito. É claro que dependendo do momento do jogo, o FPS pode ser maior ou menor que aqui no benchmark. Ele é utilizado em nossos testes para termos uma base de comparação com várias outras placas.

GTX 980 Ti 4K - Shadow of Mordor Ultra settings GTX 980 Ti 4K - Shadow of Mordor Ultra - Stock vs Overclock

A 980ti segura razoavelmente bem o desempenho, em stock temos 34 FPS mínimos, 258 no máximo (que não levamos em consideração nesse teste), e a média em 47 FPS. Em overclock, mais uma vez um aumento muito grande, são 23% a mais na performance se considerarmos as médias, são 42 FPS mínimos, 266 no máximo e 58 na média, praticamente 60 FPS.

 

Dying Light

Vamos testar agora o Dying Light em 4K. Estamos rodando com tudo no máximo do máximo, sem exceções, e a 980 Ti consegue segurar os 30 FPS nesse jogo, mesmo nessas configurações absurdas.

GTX 980 Ti 4K - Dying Light Ultra Max

O uso de VRAM chega praticamente nos 6 GB, mas em nenhum momento ultrapassou o limite, o que poderia induzir gargalos e frame drops. Sendo assim, a quantidade de memória da placa é adequada para essas condições que estamos testando.

GTX 980 Ti 4K - Dying Light Ultra Max settings GTX 980 Ti 4K - Dying Light Ultra - Stock GTX 980 Ti 4K - Dying Light Ultra - Overclock

Estamos no mesmo lugar dos testes com a TITAN X, e a 980 Ti tem um desempenho muito próximo dela, mesmo com muitos zumbis no cenário. São 30 FPS na mínima, 43 na máxima e 34 na média com a placa em stock. Fazendo overclock na placa o desempenho melhora significativamente, esses 400 Mhz a mais na placa empurram a média para 42. São 8 FPS a mais que podem fazer toda a diferença em momentos críticos, por exemplo com muitos zumbis e o cenário aberto.

 

Battlefield 4

Mais um teste, agora no BF4 Multiplayer, no mesmo mapa de todos os testes, ferrovia golmud, com 64 jogadores simultâneos.

GTX 980 Ti 4K - Battlefield 4 Ultra

 

Seguindo os testes da TITAN X, estamos rodando com a mesma configuração, Preset Ultra, 4K e campo de visão em 70%. E a 980ti mantém um desempenho bem parecido com a TITAN X, mostrando que é capaz também de entregar uma boa jogabilidade em 4K, ultra, e num mapa aberto como esse.

GTX 980 Ti 4K - Battlefield 4 Ultra settings GTX 980 Ti 4K - Battlefield 4 Ultra - Stock GTX 980 Ti 4K - Battlefield 4 Ultra - Overclock

 

Em stock, a GTX 980 Ti segurou os FPS mínimos em 36, 47 na máxima e 41 na média. No teste rápido de overclock, com a GPU em 1400 Mhz a memória em 8000 Mhz, os FPS médios sobem para 50, um aumento de 21%; enquanto que a mínima agora fica em 43 e a máxima, 56. Vamos para o penúltimo teste.

 

Grand Theft Auto V

Vamos testar o GTA V em 4K e com tudo no máximo, com a exceção do Anti Aliasing que ficou desativado, ou seja, FXAA, MSAA e reflexos MSAA. Vamos passar mais ou menos pelo mesmo trajeto que a TITAN X, para vermos quantos FPS a 980 Ti consegue fazer nessas condições extremas.

GTX 980 Ti 4K - GTA 5 Ultra AA OFF

O desempenho está satisfatório, os FPS ficam na casa dos 35, 40, que é mais ou menos o que a TITAN X segurava nessa parte. O uso de memória de vídeo fica bem abaixo do limite dos 6 GB, uso da GPU em 99% o tempo todo, e o uso do processador razoavelmente baixo, afinal estamos em uma alta resolução, portanto temos mais carga na placa de vídeo.

GTX 980 Ti 4K - GTA 5 Ultra AA OFF - SettingsGTX 980 Ti 4K - GTA 5 Ultra AA OFF - SettingsGTX 980 Ti 4K - GTA 5 Ultra AA OFF - SettingsGTX 980 Ti 4K - GTA 5 Ultra AA OFF - Settings

Bom, o desempenho da 980ti em stock durante o gameplay ficou da seguinte maneira: 25 FPS mínimos, 44 na máxima e 36 FPS na média. No teste rápido de overclock, seguindo o padrão de aumento dos outros testes, temos 16% a mais de performance, que faz com que a média dos FPS fique em 42; a mínima também um pouco maior, 35; e a máxima em 52. Overclock mais uma vez mostrando que faz uma grande diferença em todos os nossos testes.

GTX 980 Ti 4K - GTA 5 Ultra AA OFF - Stock GTX 980 Ti 4K - GTA 5 Ultra AA OFF - Overclock

Vamos para o último jogo.

 

The Witcher 3

Estreando aqui no site Peperaio Hardware, o jogo recém-lançado, The Witcher 3, um gênero que ainda não havíamos testado, mas é um jogo muito bonito e principalmente, muito exigente, então nada melhor que rodar ele com a recém-lançada também, GTX 980ti.

GTX 980 Ti 4K - The Witcher 3 Ultra AA - Hairworks off

As configurações foram colocadas no máximo, tudo no ultra e em 4k, apenas o anti aliasing e hairworks ficaram desativados. O jogo é muito bonito, mas infelizmente é também muito pesado. Em 4k e nessas configurações extremas, com a placa em stock não conseguimos chegar nem nos 30 FPS; a mínima ficou 24, máxima em 30 e média em 27. Fazendo overclock na placa as coisas melhoraram um pouco, a mínima foi para 30, a máxima em 41 e a média em 35.

GTX 980 Ti 4K - The Witcher 3 Ultra AA - Hairworks off settings GTX 980 Ti 4K - The Witcher 3 Ultra AA - Hairworks off - Stock GTX 980 Ti 4K - The Witcher 3 Ultra AA - Hairworks off - Overclock

Uma coisa importante, as vezes vale a mais a pena ter FPS menores, porém, que não oscilem tanto, que é o caso desse jogo, a diferença entre a mínima e a média é muito pequena. De qualquer forma, 30 FPS é um valor perigoso, em momentos com muita ação esses FPS podem cair, e prejudicar a jogabilidade. Então é recomendado reduzir um pouco as configurações, ou usar o GeForce Experience, que otimiza o jogo com as configurações ideais para cada hardware.

 

Conclusões finais

Bom pessoal, vamos as conclusões finais e com as comparações com a TITAN X. Foi difícil acreditar, mas a 980 Ti ficou muito próxima ao desempenho da TITAN X. É claro que algumas coisas podem influenciar nisso, os jogos foram rodados mais ou menos nos mesmos lugares, sempre mantendo as mesmas configurações. Porém, desde o último teste da TITAN X, os jogos podem ter sido atualizados, os drivers que saíram podem ter tido melhorias de desempenho, e o fato da 980 Ti estar rodando em um clock ligeiramente maior em stock, conforme foi explicado no começo do artigo.

Mas de qualquer forma, essa é a proposta da 980 Ti. Trazer performance, e ao mesmo tempo manter um bom custo. Vamos dar uma olhada na tabela.

GTX 980 Ti vs TITAN X

 

Como vocês viram, a diferença da TITAN X e da 980 Ti em jogos ficou muito pequena, mesmo em benchmarks fixos como Tomb Raider e Shadow of Mordor. Isso reafirma o que foi dito no artigo de primeiras impressões da GTX 980 Ti: “Ela é de fato uma TITAN X mais barata”. 6 GB de memória mostrou-se suficiente em todos os casos, afinal, os jogos mantiveram-se sempre abaixo disso, apenas o Dying Light e Shadow of Mordor que se aproximaram do limite.

Hoje, para 4K e qualidade alta/ultra, a GTX 980 Ti é a melhor single GPU no quesito custo-benefício do mercado.

A GTX TITAN continua sendo a single gpu mais rápida do mundo, e é indicada para usuários que precisam de mais memória disponível, ou que realmente buscam o melhor do melhor, sem se preocupar em pagar mais para isso. Em contrapartida, quem busca custo-benefício, a GTX 980 Ti é mais chamativa, pois é capaz de entregar quase a mesma performance (dentro dos limites de memória), custando 350 dólares a menos.

1 comentário
  • MArcio - 7 de julho de 2015

    Olá, eu tenho a EVGA GeForce GTX 980 Ti Superclocked+ ACX 2.0+ (06G-P4-4995-KR)
    Qual software que você usa para realizar o Overclock? Seria o EVGA Precision X16? SOu leigo, mas gostaria de aprender. COmo faço e quais são os ajustes finos que testou para a placa em termo de energia, core etc, ou seja, aumentando de quanto para quanto outro tanto?