Unboxing e Review: SSD Kingston V300 120GB + Informações sobre revisões síncronas/assíncronas

Lucas Peperaio
02/07/2014
Review

O SSD Kingston V300 120GB é um dos mais vendidos do Brasil devido a seu custo-benefício, custa cerca de R$ 260,00 nas lojas virtuais e possui boa performance (450 MB/s). Neste artigo com vídeo faremos uma breve análise deste SSD, incluindo um assunto polêmico, revisões que apresentam menor velocidade por usarem NANDs assíncronas (Micron 20nm), e revisões com a velocidade normal por usarem NANDs síncronas (Toshiba 19nm). E o problema: São vendidos juntos, sem a informação facilmente identificável.

 

Primeiras impressões

Visualmente falando é simples, isso não é ruim. O adesivo colado na parte da frente traz as informações essenciais, como a versão, tamanho, revisão, part number e etc. O material utilizado na carcaça é de boa qualidade (rígido), é leve, e os conectores de energia/sata dão a impressão de serem resistentes. Possui uma velocidade razoável (450 MB/s), nada espantoso, mas se considerarmos que é um SSD de entrada, está ok.

Kingston SSDNow V300 120GB

Sua embalagem é simples (blister), não acompanha manuais ou suportes para baias. Isto contribui na redução do preço.

 

Características técnicas

Kingston SSDNow V300 Especificações
Capacidade 60GB 120GB 240GB
Controlador SandForce SF-2281
NAND 19nm Toshiba (?) MLC NAND
Leitura Sequencial 450MB / s 450MB / s 450MB / s
Gravação sequencial 450MB / s 450MB / s 450MB / s
Leitura aleatória em 4KB 85K IOPS 85K IOPS 85K IOPS
Escrita aleatória em 4KB 60K IOPS 55K IOPS 43K IOPS
Consumo de energia 0.640W (idle) – 2.052W (carga)
Garantia Três anos

 

Boas especificações para um SSD de baixo custo. Tem tudo para ser uma ótima escolha para um primeiro SSD, se não fosse pelo problema apresentado a seguir:

 

Nand Assíncrona ou Sincrona?

Existem basicamente dois tipos de NANDs sendo usadas neste SSD. as assincronas (Micron 20nm – mais lentas), e as síncronas (Toshiba 19nm – mais rápidas).

SSD Kingston V300 120GB - Revisões diferentes, velocidades diferentes

SSD Kingston V300 120GB – Revisões diferentes, velocidades diferentes

Surpresos? Pois é, a diferença de velocidade é chocante de uma versão para outra.
Embora a revisão mais reclamada seja a 506a (vem estampado na lateral inferior direita do SSD), outras revisões também apresentam NANDs de qualidade inferior. Eu tenho a disposição a revisão 521a, que está perfeita, embora existam relatos de problemas nesta mesma revisão (é algo aleatório, o que complica ainda mais).

Portanto, a única forma 100% eficaz de avaliar isto é testando o SSD, obviamente em uma porta Sata 3 e com os ajustes mencionados neste outro artigo. E ai que mora o problema, como testar um SSD comprado pela internet? Mesmo que a loja informe a revisão, ainda poderá vir com velocidades inferiores. A solução mais sensata é simplesmente optar por outro SSD, um na mesma faixa de preço seria o Samsung 840 Evo 120GB, que particularmente me parece ser mais interessante pelos recursos adicionais…

Vamos aos testes de desempenho:

 

Testes de desempenho

SSD Kingston V300 120GB - Aida 64 Linear Read

Aida 64 Linear Read

SSD Kingston V300 120GB - Aida 64 Random Read

Aida 64 Random Read

SSD Kingston V300 120GB - CrystalDiskMark

CrystalDiskMark

SSD Kingston V300 120GB - AS SSD Benchmark

AS SSD Benchmark

SSD Kingston V300 120GB - AS SSD Compression Benchmark

AS SSD Compression Benchmark

 

O SSD Kingston SSDNOW V300 120GB possui um bom preço no mercado brasileiro, cerca de R$ 260,00. Conta com um visual simples e objetivo, não vem uma caixa (só um blister), o que não passa muita segurança, embora para muitos isto seja bobagem. Tem tudo para ser uma boa escolha, porém, devido aos problemas de performance com NANDs inferiores e a omissão por parte da Kingston ao não alertar o consumidor claramente na própria embalagem sobre esta questão, faz com que este SSD não seja exatamente a melhor opção, pois o consumidor pode estar comprando gato e pagando por lebre.

Outros SSDs concorrentes custam R$ 30-50 a mais e não apresentam estes problemas mencionados neste artigo.

Referências: AnandTech, Overclock.net, Adrenaline