Review Galax RTX 2070 EX White

Lucas Peperaio
24/07/2020
Review

Pouco se fala ultimamente da RTX 2070 8GB, afinal ela foi descontinuada pela NVIDIA após o lançamento da RTX 2060 Super e RTX 2070 Super. Porém vários meses depois ela ainda continua no mercado e vem a seguinte curiosidade… A RTX 2070 ainda vale a pena? É o que veremos hoje nesse artigo, ao analisar um modelo Galax RTX 2070 EX White 8GB, onde veremos detalhes da sua construção interna, testes de temperatura e overclock, além de comparativos com outras placas.

Overview

A RTX 2070 foi lançada em 2018 junto com as outras placas NVIDIA RTX 2080 e 2080 Ti, trazendo como principal diferencial a aceleração para Ray Tracing via hardware. Hoje, em relação as suas irmãs RTX, ela se posiciona em preço e performance entre a RTX 2060 Super e RTX 2070 Super, entregando um desempenho superior a RX 5700. O foco dela hoje é entregar uma folga muito grande para quem quer jogar em Full HD, mas especialmente, uma excelente margem para rodar em 1440p e dependendo do jogo e configuração, encara até no 4K.

RTX 2070 RTX 2060 SUPER RTX 2070 SUPER
GPU TU106 TU106 TU106
Shaders 2304 2176 2560
TMUs 144 136 160
ROPs 64 64 64
Clock da GPU 1410/ 1620 MHz 1470/ 1650 MHz 1605/ 1770MHz
Clock da Memória 14000 MHz 14000 MHz 14000 MHz
Tamanho da Memória 8 GB GDDR6 8 GB GDDR6 8 GB GDDR6
Barramento da Memória 256-bit 256-bit 256-bit
Largura de Banda 448 GB/s 448 GB/s 448 GB/s
TDP 175W 160W 215W
Energia 1 x 8-pin 1 x 8-pin 1 x 6-pin + 1 x 8-pin
Preço no lançamento US$ 499 US$ 399 US$ 499

Ela é equipada com o chip TU106 da arquitetura Turing no processo de 12nm, conta com 2304 Cuda Cores, 144 TMUs, 64 ROPs, 36 RT Cores e 288 Tensor Cores, 8GB de memória GDDR6 em 256 bits rodando a 14 GHz, resultando na largura de banda de 448 GB/s. Com o TDP de 175W, a placa oferece os clocks base de 1410 MHz e Boost 1620 MHz, mas na prática o clock é bem maior.

Galax RTX 2070 EX White - Placa e caixa - 1

Galax RTX 2070 EX White - Bancada branca

Galax RTX 2070 EX White - Bancada rosa

E a Galax ficou famosa pela beleza dos seus projetos brancos, como os da linha HOF. E não poderia ser diferente aqui, a placa chama muito a atenção com o seu corpo plástico rígido na cor branco e os leds por dentro das fans, que podem ser configurados para diversas cores, mas particularmente o azul é o que mais ficou bonito.

Galax RTX 2070 EX White - Placa (energia)

Na parte superior a logo GALAX companha a iluminação, e ao lado consta a inscrição GeForce RTX. Apesar do baixo consumo, a placa trás um conector de 8 pinos + um de 6 pinos, ambos obrigatórios, de forma a fornecer melhores margens para overclock.

Galax RTX 2070 EX White - Placa (backplate)

Galax RTX 2070 EX White - Placa (backplate - ângulo)

Galax RTX 2070 EX White - Conexões

Na parte de trás um belo backplate trás reforço adicional e através de várias furações, facilita a ventilação do PCB. A placa mede 29.5cm de comprimento, 14.3cm de altura e 5.2cm de largura, ultrapassando dois slots do sistema. Como conexões, a placa tem três Display Port 1.4, um HDMI 2.0B e um USB-C. (295*143*52mm)

Construção Interna

Galax RTX 2070 EX White - Dissipador

Diferente dos modelos 1-Click mais simples, o cooler do EX White é mais robusto e trás dois blocos de alumínio interligados por 4 heatpipes, onde a GPU fica em contato com uma base de cobre e ao lado as memórias via thermalpad, e o outro bloco dedicado aos Mosfets do VRM, com uma elevação do dissipador. Interessante mencionar que existe parafusação também na área do VRM, o que cria uma boa pressão nesta área.

Galax RTX 2070 EX White - backplate interno

O backplate neste projeto não tem thermalpads e proporciona um reforço adicional para a placa, além de inevitavelmente, acabar ajudando a retirar parte do calor do PCB, espalhando em si próprio.

Galax RTX 2070 EX White - pcb (frente)

Galax RTX 2070 EX White - pcb (back)

O PCB lembra outros projetos da GALAX, com similaridade de componentes. Os plugues PCIe de 8 e 6 pinos contam com resistores Shunt para controle de energia e dois indutores de 1uH (MicroHenry) para suavização de picos, além de um fusistor para proteção. Abaixo existem 4 Mosfets MDU3603 canal P de proteção secundária para desarmar em caso de surto proveniente das fontes de energia da placa. Vemos o IC NCP45491 para controle dos shunts, dois deles.

Galax RTX 2070 EX White - pcb (mosfet)

Galax RTX 2070 EX White - pcb (zoom)

Partindo para o VRM, a placa usa um Up9512R como o PWM das 6 fases da GPU, sem a necessidade de doublers. Existem 7 capacitores sólidos 271uF e 16v na filtragem de entrada com muitos capacitores de cerâmica de ambos os lados do PCB. Em cada fase vemos três Mosfets simples, um MDU1514 de alta com suporte a 53A contínuo em 70 graus, e dois MDU1511 de baixa com suporte a 94A continuo em 70 graus, ambos com tolerância 150 graus. Cada fase é ativada por um driver mosfet up1962, indutores 22nH (NanoHenry) e 13 capacitores de saída 821uF 2.5V. São duas fases para as memórias controladas pelo IC uP1666Q usando os mesmos mosfets, mudando nos indutores, agora de 47nH.

Os chips de RAM são Samsung GDDR6 k4z80325bc-hc14 rotulados em 14Ghz 1GB cada, totalizando 8GB 256bits.

Informações dos testes

Em todos os testes que vem a seguir, as placas estavam em suas condições originais, ou seja, sem alterações nos drivers, com seus perfis de fan default e clocks inalterados. As estatísticas de frames por segundo e os dados dos gráficos foram obtidos com o software Fraps.

 

Configuração da bancada de testes

Placa Mãe: GIGABYTE Z370 XP SLI
Processador: Core I7 8700K 4.7 GHz
Memória RAM: HyperX Predator 3000 MHz CL15 2x8GB
VGA: Galax RTX 2070 EX White 8GB
PSU: EVGA 1000G2
SSD: Teamgroup L3 Evo 240GB (SO)
SSD: WD 1TB Blue (Games)
Cooler: CM MasterLiquid Pro 280
Driver: 442.19
SO: Windows 10 64 Home SL v1909

Bancada de Teste - Intel

Testes

Como esta placa sobra muito rodando apenas em Full HD, o foco dos testes será na resolução 1440p, já que para Full HD apenas existem placas mais baratas capazes disto tal como a GTX 1660 Super.

 

Assassin’s Creed Odyssey

Jogo da Ubisoft lançado em 5 de outubro de 2018, com sua ambientação na Grécia Antiga, mostra cenários complexos e exigente para o hardware, um mundo aberto e vasto para explorar inúmeras possibilidade com sua jogabilidade e mecânicas reformuladas dentro da franquia com maior foco no RPG de ação. Criado com a engine AnvilNext 2.0, e a API é DirectX 11.

Em AC Odyssey rodando o benchmark fixo em 1440p no Alto, a RTX 2070 entregou 75 FPS na média, empatada tecnicamente com a GTX 1080 Ti e RTX 2070 Super.

AC Odyssey - Galax RTX 2070 EX White

 

Battlefield V

BF5 é um jogo de tiro em primeira pessoa com foco no multiplayer online, teve seu lançamento no dia 20 de novembro de 2018. Desenvolvido pela EA DICE e Criterion Games, jogo foi um dos primeiros jogos a apresentar tecnologias recentes como Raytracing. Criado com a engine Frostbite 3, e tem suporte ao DirectX 11 e ao DirectX 12.

Em BF5, jogo onde a AMD se dá melhor, ela ficou pouco acima do performance de uma Vega 56 e bem abaixo de uma RX 5700 XT, 94 FPS na média.

BF5 - Galax RTX 2070 EX White

 

Grand Theft Auto V

GTA 5 que foi lançado em abril de 2015, um dos jogos mais aguardados para PC dos últimos anos e sucesso de crítica e premiações. Entre promessas e muitos adiamentos – já que ele foi lançado antes nos consoles – chega ao PC com gráficos ainda mais bonitos. Desenvolvido pela Rockstar Games, ainda hoje é um dos jogos mais jogados da atual geração. Criado na engine RAGE.

Em GTA 5 o jogo vira para a NVIDIA, com a RTX 2070 entregando 94 FPS no Ultra, 5 FPS a mais que a RTX 2060 Super.

GTA 5 - Galax RTX 2070 EX White

 

Red Dead Redemption 2

RDR2 desenvolvido pela Rockstar Games, foi lançado em novembro de 2019 para PC (1 ano após o lançamento da versão dos consoles,) sendo um dos jogos mais aguardados pelos jogadores de PC, até mesmo antes da confirmação do jogo para a plataforma, tamanha a empolgação e esperança.  Um dos títulos mais aclamados da geração, ele possui temática e ambientação no velho-Oeste, mostrando cenários deslumbrantes e rico em detalhes, bem como uma narrativa densa. Criado na engine RAGE.

Em Red Dead Redemption 2, as placas da série 10 como a GTX 1080 Ti não desempenham tão bem, e vemos a RTX 2070 disparar na frente dela entregando 67 FPS na média em 1440p.

RDR 2 - Galax RTX 2070 EX White

 

Metro Exodus

Jogo de tiro em primeira pessoa de sobrevivência, foi lançado em fevereiro de 2019. Desenvolvido pela 4A Games, ele é o terceiro título da franquia. Mostrando cenários detalhados e extremamente bonitos, jogo trouxe recursos tecnológicos recentes como Raytracing e DLSS utilizando a API DirectX 12. Criado com a 4A Engine.

Em Metro Exodus, RTX 2070 entregou 91 FPS no Ultra, se posicionando entre a RTX 2060 Super e a 5700 XT.

Metro Exodus - Galax RTX 2070 EX White

 

Shadow of the Tomb Raider

Terceiro jogo da franquia após o seu reboot em 2013, jogo foi lançado em setembro de 2018. Desenvolvido pela Eidos Montréal, título apresenta excelentes gráficos e ambientação imersiva. Trazendo recursos recentes como o Raytracing, sendo um dos primeiros a ter suporte à tecnologia. Criado na engine Foundation, e com suporte ao DirectX 12.

Em Shadow of the Tomb Raider, 71 FPS na média no Ultra empatada tecnicamente com a RX 5700 e 2060 Super.

Shadow Tomb Raider - Galax RTX 2070 EX White

 

The Witcher 3: The Wild Hunt

The Witcher 3 foi desenvolvido pela CD Project Red, sendo lançado em maio de 2015. Considerado como um dos maiores títulos de RPG de ação da história dos games. Ambientado em um vasto mundo aberto recheado de missões secundárias e com uma narrativa densa, jogo é baseado na série de livros do escritor polonês Andrzej Sapkowski, sendo o terceiro título da franquia. Criado na REDengine 3, com suporte ao DirectX 11.

E por fim em Witcher 3, entregando 5 FPS a mais que a 2060 Super, 82 na média, 3 FPS a menos que a 5700 XT.

Witcher 3 - Galax RTX 2070 EX White

Observação: E considerando que é uma RTX, podemos rodar Ray Tracing nela. Em Shadow of the Tomb Raider rodando no Ultra e em 1440p com Ray Tracing Alto e DLSS, conseguimos entregar uma taxa acima dos 50 FPS. Em BF5 rodando no Ultra e RTX Médio em 1440p, rodamos acima dos 60 FPS com tranquilidade durante a campanha. E em Metro Exodus rodando em 1440p Ultra com Ray Tracing alto, novamente acima dos 60 quadros.

Temperatura

Progresso da Temperatura - Galax RTX 2070 EX White

No teste de temperatura vemos que a placa, mesmo em stress e em temperatura ambiente elevada, trabalha com excelentes temperaturas, principalmente se considerarmos a categoria da GPU. Média de 68 graus e máximo de 70.

Galax RTX 2070 EX White - flir (frente)

Galax RTX 2070 EX White - flir (backplate)

Galax RTX 2070 EX White - flir (cima)

Nas imagens térmicas, vendo pela frente tudo está bem ameno, de 30 a 54 graus, aumentando um pouco mais vendo por cima, 66 graus nos capacitores do VRMe 65 nos indutores. Por trás, a área mais quente é no VRM, cerca de 68 graus, ainda bastante tranquilo.

 

Progresso da Frequência - Galax RTX 2070 EX White

No teste de estabilidade da frequência, vemos que em um teste de stress rodando por 30 minutos, a placa permaneceu em perfeita estabilidade, sempre acima do clock boost padrão, na média dos 1845 Mhz.

3DMark - Galax RTX 2070 EX White

Da mesma forma, foi possível manter excelente estabilidade com a placa em overclock, rodando em 2025 Mhz na GPU e 16Ghz na RAM, que usa Samsung neste projeto, resultando em um aumento prático de 8% quando testamos em 3DMark TimeSpy, onde a RTX 2070 ultrapassou o desempenho da RTX 2070 Super.

Conclusão

Em que cenário a RTX 2070 vale a pena? Como nós vimos, ela é sim mais rápida que a RTX 2060 Super em todos os sentidos, tanto na performance geral quanto em Ray Tracing, já que tem mais RT Cores, variando de jogo para jogo. A resposta é: Preço Promocional! Se o preço de uma RTX 2070 estiver muito próximo, R$ 50, R$ 100 de uma RTX 2060 Super – que é o que temos visto hoje no mercado – ainda vale a pena. Lembrando que a RTX 2070 custava de R$ 2700 à R$ 3200 antes do lançamento da SUPER. Com o corte de preço que ela recebeu, ficou bem mais atrativa.

Em relação as placas da AMD, a RX 5700 XT aparece em vários modelos exatamente nesta faixa de preço da RTX 2070, R$ 2200 à R$ 2400, e pelos testes vimos que ela apresenta um desempenho superior, que chega a encostar na antiga GTX 1080 Ti, e novamente, varia de teste para teste. A vantagem da NVIDIA neste caso é o Ray Tracing e DLSS – e mais jogos trarão estes recursos agora em 2020 – além do encoder NVENC, altamente otimizado para quem faz livestream.

Sobre o modelo Galax EX White, a placa apresenta uma excelente temperatura para um chip deste porte, a construção é bastante adequada para a proposta da placa, tanto por dentro quanto por fora, além de ter um bom tempo de garantia local, 2 anos sem registro ou 3 anos mediante registro no site oficial!