Review Sapphire RX 5700 Pulse 8GB

Lucas Peperaio
05/12/2019
Review

Fala pessoal! Hoje vamos analisar mais uma placa de vídeo intermediária, dessa vez a primeira RX 5700 do canal, e logo em um modelo customizado da Sapphire: A RX 5700 Pulse 8GB, que tem se mostrado como uma boa opção custo-benefício entre as 5700, bem refrigerada e com um preço razoável. Neste artigo veremos uma breve comparação com outras placas do mercado, testes em benchmarks e jogos, bem como características gerais da placa. Acompanhe nosso teste em vídeo no canal do YouTube, com os benchmarks completos.

A RX 5700 é uma recente GPU intermediária lançada pela AMD durante a Computex deste ano, inaugurando a microarquitetura RDNA, substituindo assim a GCN, e trazendo pela primeira vez GPUs utilizando o PCI Express 4.0, além da litografia em 7nm e diversas tecnologias como o Anti Lag, Image Sharpening e Fidelity FX. A GPU oferece boa margem de desempenho para rodar os jogos atuais em 1080p e em 1440p, com a qualidade alternando entre Alto e Ultra. Ela, junto com a sua irmã maior, a RX 5700 XT, forma a atual linha de frente da AMD para disputar contra RTX 2060, 2060 Super, 2070 e 2070 Super da NVIDIA, duas placas contra quatro. Em relação a versão XT, ambas usam a mesma GPU Navi 10, tendo 2304 Stream Processors vs 2560 da XT, 144 TMUs vs 160 e os mesmos 64 ROPs, 180W de TDP vs 225W, mantendo-se iguais na memória, 8GB GDDR6 14GHz no barramento 256 bits, largura de banda 448 GB/s. A placa tem o clock base de 1540 Mhz, Game clock 1700 MHz, Boost 1750 MHz.

RTX 2060 RTX 2060 SUPER RX 5700 Sapphire Pulse RX 5700 XT
GPU TU106  TU106 Navi 10 Navi 10
Shaders 1920 2176 2304 2560
TMUs 120 136 144 160
ROPs 48 64 64 64
Clock da GPU 1365 / 1680 MHz  1470 / 1650 MHz 1540 / 1750 MHz 1605 / 1755 MHz
Clock da Memória 14000 MHz  14000 MHz  14000 MHz  14000 MHz
Tamanho da Memória 6 GB GDDR6 8 GB GDDR6 8 GB GDDR6 8 GB GDDR6
Barramento da Memória 192-bit 256-bit 256-bit 256-bit
Largura de Banda 336 GB/s 448 GB/s 448 GB/s 448 GB/s
TDP 160 W 160 W 180 W  225 W
Energia 1 x 8-pin  1 x 8-pin 1x 6-pin + 1x 8-pin 1x 6-pin + 1x 8-pin
Preço no lançamento US$ 349 US$ 399 US$ 349 US$ 399

Sapphire-RX-5700-Pulse-Backplate-bios-switch

A placa tem a sua carenagem principal construída em plástico, enquanto que o backplate é de alumínio e tem várias aberturas que favorecem a ventilação no PCB. Podemos ver o switch de dual BIOS da placa, onde o modo padrão é o Boost, e alternando o switch para mais próximo as saídas, é o modo silent. Ela tem um design semi aberto, onde as duas fans de 90mm com rolamento duplo atuam soprando o ar no dissipador, que saem pelos lados e por trás.

Sapphire-RX-5700-Pulse-Backplate-energiaSapphire-RX-5700-Pulse-Saidas-de-vídeo-angulo-1

Na parte de cima, a logo Sapphire vem iluminada na cor vermelha, onde podemos ver os dois conectores PCIe 8+6 Pinos (Fonte mínima: 600W / Fonte recomendada: 650W). Na parte de trás, três Display Port e um HDMI. A placa mede 25.4cm de comprimento, 13.5cm de altura e 4.6cm de largura, sendo uma placa de 2.3 Slots. Peso 867 gramas

Construção interna

Infelizmente eu não vou abrir a placa como eu gostaria pois a Sapphire colocou dois selos de garantia nos parafusos da GPU e eu não estou a fim de perder a garantia da placa… Valeu Sapphire por dificultar as coisas. Mas eu encontrei as fotos do cooler e PCB no site Kitguru. Acompanhe abaixo:

Sapphire RX 5700 Pulse - DissipadorSapphire RX 5700 Pulse -Dissipador ângulo

O dissipador cobre todo o PCB, GPU, RAM e Mosfets, onde podemos ver elevações nele para que tudo seja conectado ao dissipador principal. Ele conta com três heatpipes de 6mm niquelados que se concentram encontram na área da GPU, retirando todo o calor desta área e levando para o restante do dissipador. Ainda há um plate separado para as DRAMs e outro para os Mosfets, ambos com thermalpads.

Sapphire RX 5700 Pulse - PCBSapphire RX 5700 Pulse - PCB vrm e energia

O PCB é extremamente parecido ao da 5700 XT Pulse, o que é bom ao pensarmos que é um PCB dimensionado para um chip melhor. Começando pela proteção da placa, ela tem fusíveis tanto na entrada do slot, quanto nos conectores adicionais, dois para o de 8, 1 para o de 6 que é menos exigente. A placa tem vários estágios de energia antes da entrega à GPU, começa nos dois indutores, nos capacitores de entrada, terminando nos indutores e capacitores de saída, ainda tem uma série de capacitores de cerâmica. Ou seja, existem capacitores antes e depois das fases, o que melhora o ripple. São 7+2 fases, uma a mais que o PCB de referência da AMD, onde a Sapphire adotou ótimos DrMOS SIC620A com fornecimento de 60A continuo cada, com tolerância máxima de 150 graus, controlados pelo PWM IR35217. Para as memórias, antes víamos uma única fase, agora são duas fases, já que a exigência de corrente do GDDR6 é um pouco maior. Elas usam DrMOS SIC632 50A continuo com tolerância 125 graus. Os ICs são Micron 1750 Mhz de 1GB cada, que resultam em 8GB rodando a 14Ghz.

Informações dos testes

Em todos os testes que vem a seguir,  as placas estavam em suas condições originais, ou seja, sem alterações nos drivers, com seus perfis de fan default e clocks inalterados. As estatísticas de frames por segundo e os dados dos gráficos foram obtidos com o software Fraps.

Configuração da bancada de testes

Placa Mãe: GIGABYTE Z370 XP SLI
Processador: Core I7 8700K
Memória RAM: HyperX Predator 3000 MHz CL15 2x8GB
VGA: Sapphire RX 5700 Pulse OC 8GB
PSU: EVGA 1000G2
SSD: Teamgroup L3 Evo 240GB (SO)
SSD: WD 1TB Blue (Games)
Cooler: CM MasterLiquid Pro 280
Driver: 19.10.1
SO: Windows 10 64 Home SL v1903

Bancada de Teste - Intel

Testes

Nos testes realizados veremos um pouco da performance da placa rodando alguns dos games atuais em 1440p, e contendo a média e a mínima de quadros por segundo. Lembrando que a 5700 se posiciona entre a RTX 2060 e RTX 2060 Super tanto em preço quanto em performance, variando de jogo para jogo.

Assassin’s Creed Odyssey

Jogo da Ubisoft lançado em 5 de outubro de 2018, com sua ambientação na Grécia Antiga, mostrando cenários complexos e exigente para o hardware, em um mundo aberto e vasto para explorar inúmeras possibilidade com sua jogabilidade e mecânicas reformuladas dentro da franquia, com maior foco no RPG de ação. Criado com a engine AnvilNext 2.0, e a API é DirectX 11.
AC-Odyssey-Sapphire-RX-5700-Pulse-comparativo

Battlefield 5

BF5 é um jogo de tiro em primeira pessoa com foco no multiplayer online, teve seu lançamento no dia 20 de novembro de 2018. Desenvolvido pela EA DICE e Criterion Games, o jogo foi um dos primeiros a apresentar tecnologias recentes como Raytracing. Criado com a engine Frostbite 3, e tem suporte ao DirectX 11 e ao DirectX 12.
BF5-Sapphire-RX-5700-Pulse-comparativo

Grand Theft Auto V

GTA 5 que foi lançado em abril de 2015, e foi um dos jogos mais aguardados para PC dos últimos anos,  sucesso de crítica e repleto de premiações. Entre promessas e muitos adiamentos – já que ele foi lançado antes nos consoles – título chega ao PC com gráficos ainda mais bonitos. Desenvolvido pela Rockstar Games, ainda hoje é um dos games mais jogados da atual geração. Criado na engine RAGE.
GTA5 Sapphire RX 5700 Pulse - Comparativo

Metro Exodus

Jogo de tiro em primeira pessoa de sobrevivência, foi lançado em fevereiro de 2019. Desenvolvido pela 4A Games, ele é o terceiro título da franquia Metro. Mostrando cenários detalhados e extremamente bonitos, jogo trouxe recursos tecnológicos recentes como Raytracing e DLSS utilizando a API DirectX 12. Criado com a 4A Engine.
Metro Exodus Sapphire RX 5700 Pulse - Comparativo

Shadow of the Tomb Raider

Terceiro jogo da franquia após o seu reboot em 2013, jogo da Lara Croft foi lançado em setembro de 2018. Desenvolvido pela Eidos Montréal, título apresenta excelentes gráficos e ambientação imersiva. Trazendo recursos recentes como o Raytracing, sendo um dos primeiros a ter suporte à tecnologia. Criado na engine Foundation, e com suporte ao DirectX 12.
Shadow of the Tomb Raider Sapphire RX 5700 Pulse - Comparativo

The Witcher 3: Wild Hunt

The Witcher 3 foi desenvolvido pela CD Project Red, sendo lançado em maio de 2015. Considerado como um dos maiores títulos de RPG de ação da história dos games. Ambientado em um vasto mundo aberto recheado de missões secundárias e com uma narrativa densa, jogo é baseado na série de livros do escritor polonês Andrzej Sapkowski, sendo o terceiro título da franquia mostrando as histórias do bruxo Geralt de Rívia. Criado na REDengine 3, com suporte ao DirectX 11.
The Witcher 3 Sapphire RX 5700 Pulse - Comparativo

Temperatura

Sobre o sistema de refrigeração da placa, ele é bem eficiente mesmo sendo testado na minha torturante metodologia de 32 graus ambiente. A placa permaneceu muito, mas muito silenciosa, conforme vocês podem ver no teste. Praticamente, não se escuta ela. Acompanhe nesse link o momento exato do teste.

Sapphire-RX-5700-Pulse-flir-angulo  Sapphire RX 5700 Pulse - Flir (Backplate) Sapphire RX 5700 Pulse - Flir (Frente)  Sapphire RX 5700 Pulse - Flir (Superior)

Sapphire RX 5700 Pulse - Progresso da Temperatura

A GPU chegou até 73 graus no modo Performance e 74 no Silent, enquanto que o VRM segue gelado, máximo de 66. A GDDR6 que é alvo de polêmica nestas placas, atingiu o máximo de 84 graus no modo performance, ainda com alguma margem para evitar problemas.

Sapphire RX 5700 Pulse - Progresso da Frequência

No teste de frequência vemos algumas oscilações, mas que são normais por conta do teste que fica reiniciando de tempos em tempos. Não houve diferença entre o modo Performance e Silent, somente em overclock manual, onde eu consegui atingir 1733 Mhz na média, ainda com boas temperaturas. O chip se mostrou limitado e eu não consegui ultrapassar esta pequena margem.

3DMark TimeSpy - Sapphire RX 5700 Pulse

Em 3DMark TimeSpy, vemos que o ganho foi de apenas 5%, onde a placa ultrapassou o desempenho de uma das melhores RTX 2060 do mercado, mas ainda abaixo da Super.

Conclusão

Chegamos ao final deste artigo da primeira RX 5700 analisada aqui no site e no canal do YouTube, lembrando que eu já trouxe diversos testes da RX 5700 XT no canal, porém o modelo de referência da AMD. E vemos que esta placa resolve os problemas das placas de referência, alta temperatura que acaba gerando um alto ruído no cooler blower. Então ela é bem fria, na GPU, VRM e GDDR6 apresentou uma temperatura decente, isso considerando a minha metodologia de tortura nos 32 graus ambiente. A placa também é bem construída e tem Dual BIOS, o que é bom até para prevenir contra falhas.

Por hora, o que eu posso falar dela, é uma boa placa que rende bem nos jogos atuais. Ela é uma alternativa para quem quer um pouco mais que uma RTX 2060 comum, mais performance e mais memória, mas não quer pagar o preço de uma RTX 2060 Super.
Referência e crédito para fotos do PCB: Kitguru